🎥 Reinier analisa troca no Fla, exalta Jesus e pede tempo a Dome

Logo: OneFootball

OneFootball

Vitor Geron

Imagem do artigo: 🎥 Reinier analisa troca no Fla, exalta Jesus e pede tempo a Dome

Faz alguns meses que Reinier deixou o Flamengo, mas ele está bem longe de esquecer o Rubro-Negro. O meia, agora no Borussia Dortmund, bateu um papo exclusivo com o OneFootball e falou sobre voltar ao Fla, a saída de Jorge Jesus, o momento atual do time com Dome e como tem acompanhado o clube do coração. Assista:

A cria do Ninho admitiu surpresa com a dificuldade inicial do Rubro-Negro após a troca de técnico, mas mostrou confiança na retomada do bom futebol de 2019.

“Não pensava [que o time teria tanta dificuldade na troca de técnico]. Mas, como já falei, tem de dar tempo ao novo treinador, que é um grande treinador. Já está ganhando jogos ganhando, só está subindo na tabela. Tenho certeza que tudo vai sair como 2019”, disse Reinier.

O meia tem um carinho grande pelo português Jorge Jesus, que também gosta do futebol do jovem brasileiro, que também carrega Jesus no nome. Já no Benfica, o Mister trocou mensagens com Reinier para saber a situação dele no Real Madrid. O acerto com o Dortmund, porém, estava fechado.

“Não teve essa opção [de ir para o Benfica]. Conversamos depois que tudo estava certo aqui. Ele mandou mensagem, e eu falei: ‘Não, Mister, a gente acertou aqui’. Dei boa sorte pra ele, e cada um vai seguir o seu caminho”, revelou Reinier.

A convivência com Jesus o ajudou na adaptação ao futebol europeu. Tanto que, mesmo após já ter trabalhado com alguns treinadores na Espanha e na Alemanha, os treinos do Mister seguem na memória.

“Muitos treinamentos que o Mister fazia no Flamengo os treinadores fazem aqui. Já peguei três treinadores: Raul, Zidane e Favre. Agora tenho certeza que vou melhorar com os treinamentos dele que estão aqui na minha cabeça”.

Se continua falando com Jesus, Reinier também não perdeu contato com ex-companheiros como Gerson e Arão. E, mais do isso, não deixou de acompanhar o Fla, mesmo com o fuso horário de cinco horas a mais na Alemanha que faz algumas partidas no Brasil acontecerem na madrugada da Europa.

A relação com o Rubro-Negro ainda é tão forte, que ele presenteou o atacante norueguês Haaland com uma camisa do clube no fim de semana. Mas será que Reinier pensa em voltar ao Rubro-Negro? A pergunta não é “se”, e sim “quando”.

“Com certeza [penso em voltar]. Voltar pro Mengão seria mais um sonho, jogar no Maracanã… com certeza, com mais experiência, eu seria muito feliz [no Flamengo]”.

Nova Puma Ultra 1.1

Reinier também foi um dos escolhidos para a divulgação da nova chuteira da Puma, a Ultra 1.1, extremamente leve e com uma tecnologia que proporciona mais velocidade e controle na finalização.

“Pra mim a chuteira influencia bastante, é nosso instrumento de trabalho. Eu já treinei alguns dias com ela [Puma Ultra]. É uma chuteira muito boa, confortável, bonita. É um novo modelo que está vindo pra ficar e espero fazer muitos gols e jogar muito com ela”, disse Reinier.