Jogadores do Grêmio não dão entrevistas após derrota; meia do Bahia diz que jogo era “matar ou morrer” | OneFootball

Jogadores do Grêmio não dão entrevistas após derrota; meia do Bahia diz que jogo era “matar ou morrer”

Logo: Gremistas.Net

Gremistas.Net

Bastante cabisbaixos e com semblantes tristes, os jogadores do Grêmio evitaram entrevistas depois da derrota de 3×1 para o Bahia, em Salvador, nesta terça-feira. Normalmente, um dos atletas de cada equipe fala com a reportagem do Premiere na saída de campo, mas nenhum representante tricolor parou.

Com 36 pontos e mantido no 18° lugar, o Grêmio precisará vencer os seus três jogos restantes e ainda torcer por resultados paralelos para escapar. Na quinta-feira que vem, sem os suspensos Cortez e Vanderson, o tricolor recebe o São Paulo.

Para o meia Daniel, autor de um dos gols do Bahia, o jogo na Fonte Nova nesta sexta era de “matar ou morrer”:

“Triunfo importante. Muito feliz por esse gol. Hoje era matar ou morrer. Quem perdesse ficava num caminho complicado. Desde que cheguei não fiz muitos gols, mas metade foram importantes. Não queria fazer gol pra fugir do rebaixamento, mas feliz. Segunda temos outra decisão”, declarou depois do jogo.

O Grêmio trabalhará pela manhã de sábado em Salvador e retorna à tarde para Porto Alegre. A reapresentação será segunda.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo