Weverton revela preocupação em pênaltis, mas afirma: ‘Tinha uma colinha’ | OneFootball

Weverton revela preocupação em pênaltis, mas afirma: ‘Tinha uma colinha’

Logo: Nosso Palestra

Nosso Palestra

O goleiro Weverton seria uma das esperanças do Palmeiras na final da Libertadores, caso o gol de Deyverson não acontecesse e, com isso, a partida caminhasse para os pênaltis. O arqueiro, que é figura constante na Seleção Brasileira, revelou que estava preocupado na partida, devido às substituições dos principais cobradores do Flamengo ao longo da decisão.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

– Eu já sabia os jogadores que bateriam pênalti, como o Bruno Henrique e o Everton (Ribeiro), que já tinham saído, e os que entraram e eu teria um pouco mais de dificuldade nesse sentido (não conhecer o batedor). A gente veio de algumas decisões perdidas, e isso traz um peso. Emocionalmente, para nós seria pior – disse, em entrevista ao programa Bem Amigos.

Além disso, o goleiro disse que tinha uma “colinha” na garrafa d’água ao lado do gol, para ajudá-lo a lembrar as preferências de cada jogador na marca penal.

– Na semana, o pessoal da análise do Palmeiras já manda para a gente (características dos possíveis batedores de pênalti). Eu deixava uma colinha na garrafa do lado do gol, para se eu precisasse. Na pandemia alguém me ajudava lá de fora, me dava sinais.

Weverton é um dos grandes nomes da história do Palmeiras. Em três anos de clube, conquistou todos os títulos possíveis na América do Sul, sendo 2021 o seu ano mais vitorioso, com duas Libertadores e uma Copa do Brasil.

LEIA MAIS

  • Galiotte exalta Felipe Melo, mas discorda de renovação por dois anos: ‘Eu não faria’
  • Visando o Mundial de Clubes, Dudu aposta em permanência de Abel Ferreira no Palmeiras
  • Palmeiras já tem data definida para estrear no Mundial de Clubes
Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo