🇧🇷 Wesley: conheça a história do novo atacante da Seleção | OneFootball

🇧🇷 Wesley: conheça a história do novo atacante da Seleção

Logo: OneFootball

OneFootball

Tay Cristófani

Wesley Moraes, de 22 anos, não é o seu atacante comum. Natural de Juiz de Fora (MG), o corpulento artilheiro de 1,91m e mais de 90 kgs tem uma boa história para contar – apesar de jovem.

Depois de um bom início de temporada pelo Aston Villa e o destaque no Campeonato Inglês em 2019, enfim chamou atenção de Tite e foi convocado para a Seleção Brasileira, mas segue como desconhecido da maioria dos apaixonados por futebol no seu país de origem.

Ele perdeu o pai na infância e fez sua base no futsal. Aos 15 anos teve seu primeiro filho e, no ano seguinte, uma filha. Nesse tempo, trabalhou numa fábrica apertando parafusos, e o sonho do futebol foi ficando de lado.

Com 17 anos, foi para a Europa com a ajuda de um agente em busca de uma oportunidade. E depois de ficar por um período treinando com o time sub-17 do Atlético de Madrid, recebeu uma oferta do Trenćin, da Eslováquia, que gostou de um vídeo de Wesley.

Jogador jovem, físico e com bom faro de gol, não durou muito tempo na Eslováquia e se transferiu para o Club Brugge, da Bélgica, na temporada 2015/2016. Aos poucos se adaptou e foi ganhando oportunidades.

Mais maduro, começou a brilhar entre 2017 e 2018 como referência ofensiva do time. Marcou 11 gols no Campeonato Belga e ajudou a classificar sua equipe para a Liga dos Campeōes da temporada seguinte.

No grande palco europeu em 2018/2019, mais uma vez Wesley não decepcionou – marcou duas vezes na campanha, e o Brugge beliscou uma vaga para as fases finais da Liga Europa.

Os gols e a consistência das atuações colocaram o atacante brasileiro em evidência no Velho Continente. No último mercado de transferências, o Aston Villa fez de Wesley sua contratação mais cara de todos os tempos – 24,5 milhões de Euros -, acreditando no potencial do brasileiro e seu perfil de jogo na Premier League.

Alto, forte, brigador. Mas técnico, com a capacidade de incomodar a defesa adversária, Wesley é um jogador raro e que há tempos não consta nas convocações da Seleção. Convocado por conta da lesão de David Neres, tem a oportunidade de mostrar serviço e cavar seu lugar nas próximas chamadas.

A Seleção enfrenta a Argentina na próxima sexta-feira (15), na Arábia Saudita, e a Coreia do Sul no dia 19 de novembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. E o Brasil terá a chance de conhecer mais sobre Wesley Moraes.

Brasil 0
Argentina 1
Fim de jogo

Brasil 3
República da Coreia 0
Fim de jogo

Foto: Marc Atkins/Getty Images Sport