🇩🇪 Volta da Bundesliga: beijo, reservas de máscara e gol brazuca

Onefootball

Leo Urnauer

Imagem do artigo: 🇩🇪 Volta da Bundesliga: beijo, reservas de máscara e gol brazuca

Todas as atenções neste final de semana estiveram voltadas para o retorno da Bundesliga. Muitas eram as expectativas de como seria o novo futebol pós-pandemia do coronavírus em uma grande liga europeia.

Dentro de campo, nenhuma novidade, ao menos a respeito do desempenho dos times: os gigantes Bayern de Munique e Borussia Dortmund venceram os seus jogos com facilidade e seguem na disputa pelo título alemão da temporada.

Mas do lado de fora, a coisa foi bem diferente. Algumas curiosidades (e bizarrices) saltaram aos olhos do público a partir de todas as mudanças que a crise de saúde acarretou.

Confira!


Banco de reservas

O distanciamento social foi cumprido à risca pelos jogadores em um banco de reservas “improvisado” nas arquibancadas. Eles ainda precisaram usar máscaras de proteção!

No jogo entre RB Leipzig e Freiburg, a arquibancada, porém, era muito alta para os atletas subirem. A solução foi simples: usar uma escada do aeroporto da cidade.

Foto: Jan Woitas/AFP via Getty Images


Comemorações

E para celebrar um gol? Como ia ser? O protocolo da Bundesliga pedia que não houvessem abraços, apertos de mão e interações.

Palmas para os jogadores do Borussia Dortmund, que, além de vencerem o Schalke por 4 a 0 no dérbi, comemoraram cada gol com soquinhos ou cumprimentos com o covotelo.

Mas teve gente que se empolgou demais. O zagueiro Dedrick Boyata, do Hertha Berlim, até beijo deu no companheiro Marko Grujić. O clube da capital venceu fora de casa o Hoffenheim por 3 a 0.

Após a partida, Boyata pediu desculpas nas redes sociais pela atitude.


Garrafas d’água no esquema tático

Uma cena, no mínimo curiosa, aconteceu na área técnica do Eintracht Frankfurt. As águas dos jogadores ficaram organizadas extamente no esquema tático adotado pelo time. Tudo para ninguém se confudir e pegar a garrafa do colega por engano!


Ritual da Muralha

O habitual agradecimento dos jogadores Borussia Dortmund à Muralha Amarela ocorreu mesmo sem a presença de público. Um sinal de respeito aos torcedores após a goleada no clássico sobre o Schalke.


Golaço de brasileiro

Já tivemos o primeiro gol de um brazuca numa grande liga após a volta do futebol. O responsável foi Matheus Cunha, do Hertha Berlim, na partida contra o Hoffenheim. Confira no vídeo!


Foto de destaque: Pool/ via Getty Images