Vitor Pereira diz que Corinthians ofereceu renovação após derrotas | OneFootball

Vitor Pereira diz que Corinthians ofereceu renovação após derrotas

Logo: Jogada10

Jogada10

O técnico Vitor Pereira acionou o modo “sincerão” após a vitória do Corinthians por 4 a 1 em cima do Atlético Goianiense. O Timão conseguiu a classificação para a semifinal da Copa do Brasil, na última quarta-feira (17), na Neo Química Arena. Contudo, o treinador vivia uma enorme pressão antes da partida.

Afinal, a equipe foi eliminada na Libertadores para o Flamengo e perdeu o clássico para o Palmeiras, na última semana. Contudo, o presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, desejou preservar o treinador no cargo. Com isso, o mandatário teria oferecido uma renovação de contrato para Vitor Pereira até o fim de 2023, antes do jogo decisivo contra o Atlético Goianiense.

“Vou confessar uma coisa: o presidente não disse isso ao jornalista. Ele me disse exatamente a mesma coisa depois da derrota para o Palmeiras: ‘Se quiseres renovar o contrato, renovas hoje’. O tal equilíbrio que eu digo que só é possível nesse ambiente equilibrado e de apoio é que é possível transformar uma derrota que custou muito, mas dá essa resposta. As coisas estão alinhadas. O presidente diz isso não depois de uma vitória, mas de uma derrota. Isso é meritório”, disse Vitor Pereira, em coletiva após a partida.

Pereira revelou que Duilio ofereceu uma renovação para o treinador após a derrota para o Palmeiras – Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

VP deseja esperar o final da temporada para renovar

Contudo, o treinador recusou a oferta do presidente por hora. Afinal, Vitor Pereira quer esperar chegar o final da temporada para poder tomar a decisão em conjunto com os dirigentes e a família.

“Eu disse quando cheguei que esperaria até o final da época e no final da época vamos conversar como amigos. Aliás, é o que digo sempre. Sinto amizade com eles, com esta gente. Eu sinto amizade, sinto que estou em um ambiente familiar, em que me tratam bem. No final da época sentamos, avaliamos o que fizemos e o que poderíamos ter feito e não fizemos e depois vamos entender o ponto de vista do clube, meu ponto de vista e naturalmente o da minha família, não estou nessa vida sozinho. Tomaremos a decisão acertada, se Deus quiser”, concluiu o treinador.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo