Vinícius Júnior é finalista do prêmio “Bola de Ouro”; Neymar e Messi estão fora | OneFootball

Vinícius Júnior é finalista do prêmio “Bola de Ouro”; Neymar e Messi estão fora

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Campeão da Liga dos Campeões com o Real Madrid, o atacante brasileiro Vinícius Júnior apareceu entre os finalistas ao tradicional prêmio “Bola de Ouro” da revista francesa France Football. O jogador de 22 anos é um dos três brasileiros selecionados e a listagem final ainda conta com Casemiro, também do Real Madrid, e Fabinho, do Liverpool. Neymar está fora da lista final assim como Lionel Messi, vencedor da última edição.

A “France Football” foi divulgando os concorrentes dividindo em grupos de cinco jogadores. Nomes já consagrados como Cristiano Ronaldo, Karim Benzema e Robert Lewandowski, também estão na lista final ao lado de jogadores que começam a aparecer no cenário do futebol mundial como Darwin Núñez, Dusan Vlahovic e Luis Díaz.

Uma das grandes surpresas, no entanto, foi a ausência de Lionel Messi, que é o atual vencedor da premieção. Desde 2005, o argentino sempre foi nomeado para a “Bola de Ouro”, ficando fora desta vez. Messi também é o jogador que mais vezes venceu a premiação na história.

Confira os nomes divulgados:

Thibaut Courtois, Rafael Leão, Christopher Nkunku, Mohamed Salah, Joshua Kimmich, Robert Lewandowski, Luis Díaz, Bernardo Silva, Vinícius Júnior, Trent Alexander-Arnold, Karim Benzema, Fabinho, Heung-Min Son, Casemiro, Ryad Maharez, Sadio Mané, Phil Foden, Darwin Núñez, Harry Kane, Mike Maignan, Sébatien Haller, Luka Modric, Antonio Rudiger, Cristiano Ronaldo, Kevin De Bruyne, Dusan Vlahovic, Virgil van Dijk, João Cancelo, Kylian Mbappé e Erling Haaland.

A primeira edição da “Bola de Ouro” aconteceu em 1956 e até 1995 apenas jogadores com nacionalidades europeias poderiam receber o prêmio. A partir de 2006, a premiação também passou a incluir jogadores que atuam fora do futebol europeu.

Entre 2010 e 2015, a “Bola de Ouro” da France Football passou a ser unificada com o troféu de melhor do mundo da Fifa, mas atualmente as premiações estão separadas. Lionel Messi é o maior vencedor da premiação e faturou o troféu seis vezes (2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2019).

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo