Veja trechos da decisão que liberou a partida entre Vasco e Sport no Maracanã | OneFootball

Veja trechos da decisão que liberou a partida entre Vasco e Sport no Maracanã

Logo: Papo na Colina

Papo na Colina

Decisão judicial no início da noite de hoje (27) liberou o jogo Vasco e Sport, pela Rodada 16 da Série B, para o Maracanã. O Consórcio havia vetado a realização da partida alegando que o evento colocaria o gramado em risco.

Apesar da decisão, o juiz Alessandro Vieira Félix, da 51a Vara Cível do TJRJ, determinou que R$ 250.000,00 é valor justo para que o Vasco pague pelo aluguel do estádio. O clube queria as mesmas condições que o Fluminense tem:

Determino que o Complexo disponibilize o Estádio do Maracanã, e tudo o mais que se fizer necessário, para a realização da partida entre o Club de Regatas Vasco da Gama e Sport Clube Recife no dia 03 de julho de 2022, às 16h, nas exatas condições praticadas no jogo entre o autor e o Cruzeiro Esporte Clube, realizado em 12 de junho do ano corrente

O Vasco já solicitou mudança no local da partida junto à CBF e nas próximas horas vai comunicar abertura de vendas dos ingressos.

Do processo, o Flamengo é réu e permissionário do Consórcio, e caso não pague o determinado, terá que arcar com multa de R$ 2 milhões.

A argumentação para impedir a realização do encontro era de que a partida colocaria em risco o gramado, cuja manutenção é feita pela Greenleafe, empresa da qual o Flamengo utilizou documento na alegação.

A determinação do juiz ainda diz que:

O local pretendido é bem público do Estado do Rio de Janeiro e, em 2019, foi outorgada permissão de seu uso ao Flamengo e ao Fluminense. Evidente que o Termo de Permissão vincula obrigatoriamente as partes. Em seu item 03, o referido Termo determina que “observada a disponibilidade de datas, será permitido aos demais clubes do Estado do Rio de Janeiro realizar partidas oficiais no Maracanã”. O réu detém apenas o direito de permissão do uso do bem público de forma precária, sendo mero permissionário do complexo, e não, proprietário“.

O torcedor vascaíno precisa agora ficar atento com relação aos ingressos.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo