Veiga confia em fim de crise no Brasileiro e responde sobre técnico: “Coisa da diretoria”

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: Veiga confia em fim de crise no Brasileiro e responde sobre técnico: “Coisa da diretoria”

Com uma goleada sobre o Tigre, aplicada na noite desta quarta-feira, o Palmeiras encerrou a primeira fase da Copa Libertadores com a melhor campanha geral. Na saída do gramado do Allianz Parque, o meia Raphael Veiga projetou o fim da crise no Campeonato Brasileiro e respondeu sobre a busca por um novo técnico.

“Somos homens e temos compromisso quando vestimos a camisa do Palmeiras. Independentemente do treinador, temos que fazer o que deve ser feito. O técnico muda um pouco a filosofia, a estratégia. Mas o ímpeto depende dos jogadores. O novo técnico é coisa da diretoria. Eles que decidem e a gente tem que fazer nosso trabalho”, disse.

Comandado pelo interino Andrey Lopes, o Palmeiras contou com gols de Raphael Veiga, Gustavo Gomez, Zé Rafael, Gabriel Veron e Rony diante do Tigre. Com 16 pontos e 15 gols de saldo, o time alviverde terá a vantagem de decidir em casa nas etapas eliminatórias. No Brasileiro, porém, vem de quatro derrotas seguidas.

“Infelizmente, sabemos que o futebol, às vezes, tem fases. Essa fase que estamos passando no Brasileiro vai passar. Tenho certeza. Mas aqui é outro campeonato, outro tipo de disputa. Então, a equipe está de parabéns pela primeira colocação. Nos últimos três anos, a gente conseguiu. Está todo mundo de parabéns”, disse Veiga.

Os confrontos das oitavas de final da Copa Libertadores serão definidos por sorteio nesta sexta-feira, com os primeiros colocados dos grupos enfrentando os segundos. Às 16 horas (de Brasília) de domingo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras pega o Atlético-GO, no Estádio Olímpico.

“Perdemos quatro jogos (no Brasileiro) e as coisas não aconteceram do jeito que a gente queria. Mas hoje conseguimos disputar um bom jogo e fazer gols, o que é importante e dá confiança. Então, acho que essa vitória vai ser importante para o resto do ano”, reiterou Veiga.