⚠️ Vai jogar sem torcida? STJD toma decisão que afeta o Sport | OneFootball

⚠️ Vai jogar sem torcida? STJD toma decisão que afeta o Sport | OneFootball

Icon: OneFootball

OneFootball

·23 de fevereiro de 2024

⚠️ Vai jogar sem torcida? STJD toma decisão que afeta o Sport

Imagem do artigo:⚠️ Vai jogar sem torcida? STJD toma decisão que afeta o Sport

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), José Perdiz, aceitou o pedido da Procuradoria do órgão para que o Sport jogue com portões fechados e não tenha torcida visitante.

A medida tomada nesta sexta-feira (23) é consequência do ataque ao ônibus que levava a delegação do Fortaleza após o duelo entre ambos os times pela Copa do Nordeste.


Vídeos OneFootball


E é válida apenas para os jogos de competições organizadas pela CBF: a já citada Lampions e a Copa do Brasil.

O que garantirá a presença de 2.800 rubro-negros no Clássico dos Clássicos deste sábado (24), válido pela nona e última rodada da fase de classificação do Pernambucano, e que será disputado nos Aflitos.

A decisão veio após o pedido de medida cautelar solicitada pelo órgão. E é válida até que o julgamento do caso aconteça - o que ainda não tem data.

O Sport voltará a atuar em um torneio da CBF na próxima quinta (28), quando visitará o Trem (AP), pela primeira fase da Copa do Brasil.

Seus próximos jogos já marcados serão em 6 de março contra o Altos (PI), também fora de casa e pela Lampions. Depois, no dia 19, receberá o Náutico pelo mesmo torneio.

Confira a decisão na íntegra:

Ante ao exposto, DEFIRO o pedido da Procuradoria para determinar que o Sport Club Recífe jogue em todas as competições organizadas pela CBF como Copa do Nordeste e Copa do Brasil (em todas as categorias) com portões fechados, sem torcida quando for mandante e na condição de visitante também ficará sem o direito a ingressos para seus torcedores até que o STJD julgue a denúncia por uma de suas Comissões Disciplinares. Defiro o pedido de terceiro interessado protocolado pela Federação Cearense de Futebol. Abra-se vista ao Sport Club do Recife e à Federação Cearense para querendo, se manifestar no prazo legal.

José Perdiz de Jesus, Presidente do STJD.


Foto: Paulo Paiva/Sport