Trio de ataque joga mal, mas PSG vence e segue 100% na Ligue 1 | OneFootball

Trio de ataque joga mal, mas PSG vence e segue 100% na Ligue 1

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

No confronto entre os dois melhores ataques da Ligue 1, o Paris Saint-Germain venceu o Montpellier por 2 a 0 no Parque dos Príncipes neste sábado (25). Os gols da partida foram marcados por Idrissa Gueye e Julian Draxler.

Para o confronto que marcou a oitava rodada do campeonato francês, o técnico Mauricio Pochettino seguiu rodando alguns nomes do elenco. Em relação à vitória no sufoco diante do Metz, o treinador argentino promoveu cinco mudanças: Abdou Diallo entrou na vaga de Nuno Mendes na lateral-esquerda, Gueye, Ander Herrera e Leandro Paredes formaram um meio-campo completamente alterado e Mauro Icardi cedeu seu espaço para Ángel Di Maria.

+ Para saber tudo sobre Futebol Internacional, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Já o técnico Olivier Dall’Oglio promoveu três mudanças em comparação com os 11 titulares do empate por 3 a 3 com o Bordeaux na rodada anterior. Na linha de defesa, Junior Sambia foi escolhido para a lateral-direita e Matheus Thuler retornou de suspensão para ser o companheiro de zaga de Maxime Esteve. No meio-campo, Joris Chotard entrou na posição que era de Leo Leroy.

O PSG começou a todo vapor. Com cinco minutos de jogo, Gueye, Neymar e Kylian Mbappé tiveram boas chances de abrir o placar, mas a missão ficou mesmo para o primeiro deles. Aos 14 minutos, Di Maria rolou a bola para fora da grande área e deixou Gueye de frente pro gol. O meio-campista senegalês cortou o marcador e fuzilou de canhota para o gol, acertando um chutaço que deu a liderança no placar para o clube parisiense.

O jogo caiu de ritmo com o gol dos mandantes. O Montpellier chegou apenas uma vez, em boa falta de Savanier defendida por Keylor Navas. Depois disso, a emoção só voltou no fim da primeira etapa, quando Ander Herrera acertou o travessão e Neymar exigiu boa defesa do goleiro Jonas Omlin que manteve o 1 a 0 no placar.

O PSG voltou sem alterações para o segundo tempo, assim como o Montpellier que havia substituído apenas o zagueiro brasileiro Thuler ainda antes do intervalo devido a uma lesão.

O primeiro lance de perigo da segunda etapa surgiu no que quase se tornou um gol contra. Aos 13 minutos, um defensor do Montpellier tentou cortar um passe, mas acabou desviando a bola contra a própria meta e foi salvo por Omlin. Minutos depois, os visitantes responderam em chute rasteiro de Stephy Mavididi que exigiu boa defesa de Navas.

Neymar teve boa chance aos 20 minutos, mas, dentre as várias opções que tinha, tentou driblar o goleiro e falhou. Apesar disso, para a sorte do craque brasileiro, o lance seria invalidado pelo VAR por impedimento caso terminasse em gol. Um minuto depois do lance do camisa 10, foi a vez de Mbappé perder uma chance clara. O atacante francês recebeu bom passe do lateral Hakimi, driblou o goleiro, mas finalizou desequilibrado e perdeu um gol com a meta vazia.

Neymar ainda teve mais uma chance, aos 26 minutos do segundo tempo. O ex-santista recebeu grande bola de Herrera, driblou o zagueiro dentro da área e finalizou de perna esquerda, porém a bola foi para fora por muito pouco.

E o brasileiro ia encerrando a partida com uma atuação muito ruim pelas chances desperdiçadas e posses de bola perdidas, mas ainda assim conseguiu uma assistência para Julian Draxler. O alemão havia acabado de entrar em campo, quando recebeu a bola pela direita, dentro da área, e finalizou forte para o gol. O chute forte passou debaixo das pernas do goleiro Omlin e selou o placar final de 2 a 0.

Na próxima terça (28), o PSG recebe o Manchester City para um confronto duríssimo de Champions League. O Montpellier, por sua vez, só retorna a campo no sábado (2), em jogo dentro de casa diante do Strasbourg pela Ligue 1.

Saiba mais sobre o veículo