Todos, menos alguns: torcedores celebram campeonato do Milan com adereços do Flamengo | OneFootball

Todos, menos alguns: torcedores celebram campeonato do Milan com adereços do Flamengo

Logo: Mundo Rubro Negro

Mundo Rubro Negro

O Milan quebrou o jejum de 11 anos sem títulos neste domingo (22), e é o campeão italiano. A equipe rossonera ganhou de 3 a 0 no Sassuolo e garantiu o Scudetto. Mas, a festa da torcida italiana chamou a atenção de flamenguistas, pois torcedores estavam na festa do título com a camisa do Flamengo.

O jornalista Andersinho Marques postou nas redes sociais um italiano torcedor do Milan, comemorando o título com a camisa do Flamengo. “Achei um italiano torcedor do @acmilanbr com a camisa do @Flamengo #flamengo #milan”, postou o jornalista.

A página AC Milan BR compartilhou a união entre os clubes nas redes. “Torcedor do @Flamengo na nossa festa do título? São os rubro-negros comemorando juntos”.

A relação além das cores rubro-negras

A relação entre Flamengo e Milan começa não só nas cores tradicionais dos clubes, mas também no campo, pois a passagem de jogadores entre as equipes marcou a história entre as duas equipes. Assim, o Lucas Paquetá foi o último jogador a fazer a ponte Rio-Milão.

A multa rescisória de Lucas Paquetá era de 50 milhões de euros, mas o Flamengo aceitou vender o jogador por 35 milhões de euros (cerca de R$ 150 milhões na época ) para o Milan. O Garoto do Ninho fez 44 partidas oficiais, marcou um gol e deu quatro assistências em sua passagem pela Itália.

Léo Duarte foi vendido para o Milan por 11 milhões de euros (cerca de R$ 46 milhões na época). O ex-zagueiro e formado na base do Mais Querido fez companhia a Paquetá nas categorias de base e profissional do Flamengo, além de se encontrarem na Itália.

O ex-jogador Leonardo foi uns dos maiores ídolos do Flamengo e Milan. O lateral esquerdo deu seus primeiros passos nas categorias de base do Flamengo quando foi promovido ao time profissional em 1987. Além disso, fez companhia ao Zico no Rio de Janeiro. Leonardo fez companhia ao Maldini em Milão. Em números, jogou 124 partidas no Rossonero, com 30 gols e 18 assistências.

A contratação mais badalada dos últimos anos do futebol brasileiro foi proporcionada pela relação entre as duas equipes, pois a chegada de Ronaldinho Gaúcho abalou o esporte nacional. Ronaldinho foi anunciado no dia 10 de janeiro de 2011, com uma euforia enorme por parte da torcida flamenguista.

A multidão que foi à Gávea para celebrar a chegada do craque foi marcada pela frase “Agora eu sou Mengão”. Ao longo da temporada, pelo “Bonde do mengão sem freio”, que resultou em um único título com a camisa do Flamengo, do Campeonato Carioca de 2011.

Ronaldinho jogou no Milan de 2008 até 2011, totalizando 95 partidas, com 26 gols e 29 assistências. Já pelo Flamengo foram 44 partidas entre 2011 e 2012, com 19 gols e 13 assistências.

Siga Lucas Alexandre no Twitter.

Seja apoiador e ajude-nos a melhorar: CLIQUE AQUI e faça parte da comunidade.

  • Todos, menos alguns: torcedores celebram campeonato do Milan com adereços do Flamengo
  • NBB: confira o retrospecto entre Flamengo e Franca
  • Flamengo vence etapa e segue líder no campeonato estadual de remo
  • Flamengo faz campanha histórica no Troféu Brasil de Ginástica Artística
  • Atacante de time da Inglaterra assiste jogo do Flamengo no Maracanã
Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo