Tite elogia Pedro e diz que atacante do Flamengo possui característica ‘muito rara’ | OneFootball

Tite elogia Pedro e diz que atacante do Flamengo possui característica ‘muito rara’

Logo: Coluna do Fla

Coluna do Fla

Camisa 21 virou titular com Dorival Júnior e vem sendo destaque do Mais Querido


Nesta terça-feira (09), o Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0, no Maracanã, e garantiu vaga nas semifinais da Copa Libertadores da América. Com o resultado no jogo de volta, o Mais Querido somou o placar de 3 a 0 no agregado, já que havia derrotado o clube paulista na ida, por 2 a 0, na Neo Química Arena. Um dos heróis da partida foi Pedro, que marcou o gol da vitória e sacramentou a classificação. O bom momento tem chamado a atenção do técnico da Seleção Brasileira, Tite, que elogiu o camisa 21.

Ele tem uma característica única, um jogador 9 em uma equipe que joga baixo, que tem poder de cabeceio. Quando uma equipe joga muito baixo, você tem algumas alternativas para furar esse bloqueio, e a infiltração fica muito difícil. Finalização de média distância é importante, fazer cruzamento pelos lados também é importante. Um jogador que faça uma parede, porque não vai ter espaço para atacar, ele tem essa condição. Ele vai acompanhar o raciocínio inteligente do meia e ele tem essa capacidade — comentou Tite, durante entrevista ao programa Resenha ESPN.

Vivendo grande fase desde a chegado do técnico Dorival Júnior, Pedro voltou a ser cotado na Seleção Brasileira e tem chamado a atenção de Tite há poucos meses da Copa do Mundo do Qatar, prevista para o mês de novembro. Vale destacar que o treinador gosta do estilo de jogo do atacante e a sequência de oportunidades que o camisa 21 vem recebendo no Flamengo, inclusive, era o que o comandante do Brasil queria para poder incluir o atleta rubro-negro na lista de convocados.

Tite ainda destacou que Pedro possui características muito diferentes dos jogadores que são utilizados pelo treinador nas convocações da Seleção Brasileira. Para o comandante, nomes como Gabriel Jesus, Matheus Cunha, Richarlison e Roberto Firmino executam uma função muito semelhante uns dos outros. Já o camisa 21 do Flamengo, possui qualidades distintas.

Alguns jogadores têm essa capacidade, mas ela é muito rara. Ele tem isso em específico. Os outros todos a gente tem quem tenha ataque rápido, quem tenha mobilidade, quem venha buscar. A gente tem um 9 que é 10, que é o Firmino e tem o Cunha que também se assemelha a isso, Gabriel, Richarlison — completou o técnico.




No jogo desta terça-feira (09), o treinador da Seleção Brasileira enviou dois auxiliares para acompanhar o duelo entre Flamengo e Corinthians, válida pelas quartas de final da Libertadores. Matheus Bachi, filho de Tite, e Cleber Xavier estavam no Maracanã avaliando questões táticas da partida e também observando atletas selecionáveis das duas equipes, entre eles o atacante Pedro.

Enquanto aguarda uma oportunidade na Seleção Brasileira, Pedro segue à disposição do técnico Dorival Júnior no Flamengo. No próximo domingo (14), o Mais Querido entra em campo pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Athletico-PR, no Maracanã. A partida está marcada para as 16h (horário de Brasília).

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo