Thomas Tuchel: “Timo Werner e Romelu Lukaku estarão fora por algumas partidas” | OneFootball

Thomas Tuchel: “Timo Werner e Romelu Lukaku estarão fora por algumas partidas”

Logo: Chelsea Fans Brasil

Chelsea Fans Brasil

Thomas Tuchel falou conversou com a imprensa após a vitória do Chelsea diante do Malmo nesta quarta-feira (20) pela UEFA Champions League e forneceu de imediato as suas atualizações sobre as lesões de Timo Werner e Romelu Lukaku.

“Eu não sei muito mais do que você. Romelu [Lukaku] torceu o tornozelo com a falta na área e Timo [Werner] tem uma lesão no tendão. Vai demorar um pouco para os dois. Precisamos de mais exames para ser mais precisos, mas eles estarão fora para algumas partidas.”

Questionado se teria poupado Romelu Lukaku para esta partida devido ao grande número de partidas que o belga vem disputando, Thomas Tuchel disse:

LONDON, ENGLAND – OCTOBER 20: Romelu Lukaku of Chelsea receives medical treatment during the UEFA Champions League group H match between Chelsea FC and Malmo FF at Stamford Bridge on October 20, 2021 in London, England. (Photo by Clive Rose/Getty Images)

“Se eu soubesse antes eu não teria feito isso [o escaldo como titular]. Mas você não pode saber isso antes e era necessário que ele estivesse em campo e ele começou muito forte. Falei com ele sobre a situação, que acho que ele carrega um pouco de cansaço mental com ele. Acho que isso também é normal, mas ele é o nosso número nove e é nossa referência antecipadamente.”“A melhor coisa contra a fadiga mental é um gol e sabíamos que poderíamos ser o time dominante. Sabíamos que queríamos construir nosso ataque hoje com Mason e Timo ao seu redor como referência.”“Eu tinha a forte crença de que em uma partida da Liga dos Campeões ele poderia mudar as coisas em termos de gols e ser decisivo, o que ele fez porque ele era super forte no nosso início. Ele sofreu a penalidade e sem ele talvez não seria 2-0.”“Então eu não me arrependo. Não é uma lesão muscular ou por causa da fadiga física. Ele é um pouco exagerado, esta é a minha opinião e talvez eu nem esteja certo. Mas este foi um momento para dar-lhe confiança e deixá-lo jogar. Não me arrependo, coisas assim podem acontecer. Foi má sorte.”

Kai Havertz e Callum Hudson-Odoi entraram nos lugares de Lukaku e Werner ainda no primeiro tempo e construíram a jogada do terceiro gol da partida. Thomas Tuchel falou sobre o que espera dos jogadores nas próximas partidas.

LONDON, ENGLAND – OCTOBER 20: Kai Havertz of Chelsea celebrates with teammate Callum Hudson-Odoi after scoring their team’s third goal during the UEFA Champions League group H match between Chelsea FC and Malmo FF at Stamford Bridge on October 20, 2021 in London, England. (Photo by Catherine Ivill/Getty Images)

“Sempre, sempre uma chance e é sempre necessário provar um ponto. Eles [Hudson-Odoi e Havertz] podem provar um ponto agora, então teremos alguns jogos sem Romelu e Timo para que todos sejam convidados a participar da corrida por minutos no campo.”“Quando eles estão em campo, eles precisam mostrar sua fome e determinação para serem decisivos e estarem na área. É assim e eles fizeram isso hoje, mas ainda há espaço para melhorar e no sábado precisamos da mesma fome e determinação de quem começa para nós porque precisamos de gols para vencer partidas. Precisamos encontrar soluções sem Romelu e Timo, isso é claro. Todos se juntarão à corrida para serem decisivos para nós.”

Após ser derrotado pela Juventus na segunda rodada da Champions League, o Chelsea precisava reencontrar a vitória para se manter na segunda colocação do grupo e confortável na busca pela classificação para as oitavas de finais. Thomas Tuchel deu sua opinião sobre o assunto.

“Nós fazemos os jogos passo a passo, não há jogo mais importante do que o jogo que jogamos neste dia. Jorgi [Jorginho] não jogou contra o Brentford, fomos com o Ruben [Loftus-Cheek] que estava lá durante a data FIFA.”“Os caras em campo merecem começar, não há presentes ou jogadores descansando porque o próximo jogo é mais importante. Escolhemos a melhor formação em nossa crença para ter a melhor chance de vencer o Brentford e então escolhemos a melhor formação neste dia para vencer quem chegar em uma partida da Liga dos Campeões.”“O próximo é assim. Sábado, às 08h30, vamos escolher novamente o melhor time. Vamos olhar para os dados e ser muito profissionais na recuperação. Será uma preparação fácil: queremos o mesmo desempenho novamente. Esta será uma das reuniões pré-jogo mais curtas da minha história de treinador, porque queremos todos os mesmos que esta noite: energia, esforço, corridas profundas, bolas ganhas.”“Temos a chance de trocar algumas posições, exigir de todos fisicamente a mesma entrada e então vamos ver.”

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo