Thomas Tuchel: “Cometemos grandes erros e não fomos bons o suficiente nos detalhes” | OneFootball

Thomas Tuchel: “Cometemos grandes erros e não fomos bons o suficiente nos detalhes”

Logo: Chelsea Fans Brasil

Chelsea Fans Brasil

Desfalques por lesão, queda de desempenho e resultados abaixo do esperado. Depois de uma grande sequência de grandes atuações, o Chelsea vem sofrendo nas últimas partidas e neste sábado foi derrotado de virada pelo West Ham United no London Stadium por 3-2.

Após o apito final, Thomas Tuchel falou com a imprensa sobre o desempenho da equipe e os constantes erros individuais que custaram pontos para a equipe.

“Eu não vi nosso desempenho cair contra o Man United ou hoje. Acho que o desempenho foi suficiente até para ganhar o jogo, mas o que vemos claramente é que damos gols fáceis e isso é muito incomum.”“Cometemos grandes erros que levam a grandes chances que levam a gols fáceis [do adversário]. Fizemos isso agora em três dias de jogos contra Man United, Watford e novamente hoje. Se você fizer isso neste tipo de nível, você não pode esperar ter um resultado.”

Com a derrota, o Chelsea caiu da liderança para o terceiro lugar da Premier League atrás de Manchester City e Liverpool, porém com apenas dois pontos de desvantagem. Tuchel falou sobre a briga no topo da tabela, ressaltando a importância de pensar apenas no próximo jogo.

“A corrida não é interessante no momento. O que é interessante é sempre os próximos 90 minutos e o que é interessante é ter o foco certo, a atitude certa, e cuidar dos detalhes.”“Não somos bons o suficiente nos detalhes no momento. Cometemos muitos grandes erros e temos que nos preocupar com os detalhes. Não há necessidade de fazer perguntas ou começar a duvidar sobre o quadro geral.”“Este é um jogo, se você jogar contra o West Ham sobre os detalhes, eu só posso repetir a mim mesmo: sem cometer grandes erros, há uma grande chance de ganharmos este jogo.”

Édouard Mendy falhou no lance do primeiro gol do West Ham United, cometendo a penalidade que empatou a partida no primeiro tempo e Kai Havertz teve que ser substituído no intervalo por lesão. Tuchel comentou sobre as performances de alguns jogadores.

“Kai [Havertz] tem dores enormes, Marcos Alonso tem dores nas costas, então são outros dois substituídos devido a lesão. Temos que lidar com isso.”“Edou [Mendy] está lidando com um período difícil. Não sei exatamente por que, mas ele parece ter perdido um pouco de confiança. Ok, sua tomada de decisão não estava no mais alto nível hoje no primeiro gol, mas também o levamos a uma situação muito embaraçosa.”“Ele poderia ter salvo a situação, mas não salvou. Estamos muito, longe de culpar alguém, mas precisamos admitir que cometemos muitos erros cruciais no momento que nos custaram uma vitória contra Man Utd e hoje também.”

O Chelsea tem muitos problemas com lesões, em especial no meio de campo onde N’golo Kanté e Mateo Kovacic são desfalques nas últimas partidas. Tuchel falou sobre a situação dos jogadores no momento.

“Não, eu realmente não tenho ideia de quando ele [Kanté] vai voltar e nós estamos perdendo não só N’Golo, também Mateo Kovacic desde cinco ou seis semanas atrás.”“Jorgi está jogando com dor no quadril por muitos dias de jogo e você pode vê-lo. Essa é a situação.”“Não é interessante o que eu penso. Ele [Kanté] jogará quando estiver de volta. Ele tem um longo caminho a percorrer, se eu disser que agora ele jogará no Zenit e ele não joga, então isso não ajuda.”“Eu cuido dos jogadores lesionados e N’Golo não está em campo desde a partida contra a Juventus.”

LONDON, ENGLAND – DECEMBER 04: Thomas Tuchel, Manager of Chelsea reacts during the Premier League match between West Ham United and Chelsea at London Stadium on December 04, 2021 in London, England. (Photo by Alex Pantling/Getty Images)

Finalizando a coletiva de imprensa, Thomas Tuchel revelou que além das lesões, alguns jogadores estão sobrecarregados pela quantidade de jogos disputados em curtos períodos de tempo, mas ressaltou a importância de lutar neste momento complicado da equipe.

“Temos alguns jogadores sobrecarregados, sim. Isso não é uma desculpa e eu vou dizer sobrecarga e se você olhar para o nosso cronograma, não há escapatória e é exatamente aqui que lutamos no momento.”“Temos perdas cruciais de bola em situações em que você simplesmente não pode perdê-la se você quer clean sheets e quer dominar jogos.”“Se você quer se proteger contra contra-ataques, é impossível cometer esse tipo de erros, três vezes seguidas, é simplesmente demais e não podemos dar desculpas de que estamos cansados.”“É absolutamente normal estar cansado durante a Premier League no inverno, é uma questão de precisão, detalhes, gerenciamento de riscos, onde você levá-lo e onde você absolutamente não faz.”“Se você convidar um time como o West Ham para sua própria área, nos últimos 20 metros, dando grandes perdas de bola, então você está em apuros.”

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo