Técnico especulado no Flamengo tem histórico com Gabigol

Logo: Mundo Rubro Negro

Mundo Rubro Negro

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fmundorubronegro.com%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F01%2Frui-vitoria-gabigol-1-e1610471797422.jpg&q=25&w=1080

Português treinou o Benfica durante a passagem apagada do atacante em Portugal; Gabigol falou de “poucas oportunidades”; relembre:

Com Rogério Ceni na panela de pressão, alguns nomes começaram a ser especulados para assumir o comando do Flamengo. Um destes técnicos é o português Rui Vitória, sucessor de Jorge Jesus no Benfica. Por coincidência, o treinador era quem comandava o time durante a apagada passagem de Gabigol por lá, em 2017.

Emprestado pela Inter de Milão, o atacante rubro-negro teve poucas oportunidades com a camisa dos “Encarnados”. Em meia temporada foram apenas 5 jogos e um gol marcado, até retornar ao Santos em 2018, onde pôde reencontrar o bom futebol. Após retornar ao Brasil, Gabigol falou das poucas chances que teve com Rui.

“Foram poucas oportunidades”, disse ao Fox Sports em 2019, emendando na sequência: “No meu primeiro jogo como titular, fiz um gol (contra o Olhanense, na Taça de Portugal). Não tive sequência. Gosto de me sentir importante no elenco”, concluiu o atual camisa 9 do Fla.

Logo após Gabriel deixar o Benfica para voltar para o time que o revelou, o técnico Rui Vitória listou alguns motivos para o baixo rendimento do brasileiro no time de Lisboa.

“Gabriel é um jogador de qualidade e tem facilidade para fazer gol quando aparece na cara do goleiro. Mas há contextos e momentos na vida de um jogador, na vida dos clubes, contextos até sociais que podem não ser os mais adequados. Eventualmente, em um outro momento poderia ter apresentado outro rendimento. No Santos deve ter um contexto muito favorável. Às vezes há jogadores que devem estar em um outro contexto, em outro clube, em outro país, com outro treinador e com outros torcedores. Vejo isso com naturalidade. Fui um dos primeiros a considerar bom o seu retorno ao Brasil, porque está em um clube em que foi feliz e onde pode encontrar novamente essa felicidade”.

Até o momento, o Flamengo nega ter procurado Rui, que treinou o Benfica de 2015 até o início de 2019, levando na bagagem um bicampeonato português. Um fato curioso é que o técnico segue apenas 21 contas em seu Instagram, entre elas, o Rubro-Negro.

Enquanto isso, Rogério Ceni segue na corda bamba, e pode ter a sua última oportunidade no duelo contra o Goiás. A partida válida pela 30° rodada do Brasileirão acontece na próxima segunda-feira (18/01), às 20h, no Serra Dourada.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!