Técnico do São Paulo 'comemora' final fora de Itaquera, mas vê Corinthians forte em 'qualquer lugar' | OneFootball

Técnico do São Paulo 'comemora' final fora de Itaquera, mas vê Corinthians forte em 'qualquer lugar'

Logo: Meu Timão

Meu Timão

O Corinthians não poderá definir o Paulistão Feminino na Neo Química Arena. A equipe comandada por Arthur Elias fará o jogo de volta contra o São Paulo na Arena Barueri, na próxima quarta-feira, às 21h.

Apesar de não enfrentar o elenco de Arthur Elias em Itaquera, o técnico Lucas Piccinato, que comanda o São Paulo, não vê motivos para comemorar. O comandante adversário entende que o ambiente na Neo Química Arena, com presença em peso da torcida, deixaria o duelo ainda mais complicado, mas que o Corinthians feminino tem bom rendimento onde quer que atue.

"Não jogar na Neo Química Arena tem uma influência, mas o Corinthians é uma equipe que tem tido rendimento bom em quase todos os estádios do país e vai ter um rendimento bom nas duas finais. A gente tem que se preparar para enfrentar essa equipe onde quer que o jogo seja. Temos que aproveitar muito nosso jogo como mandante para ir para essa partida com alguma vantagem. Tem uma influência, mas não acho que é o fato que vai fazer diferença porque é uma equipe muito qualificada onde quer que jogue", afirmou Lucas Piccinato em coletiva.

A atacante Glaucia foi pelo mesmo caminho de seu treinador. A jogadora do São Paulo destacou, porém, que a equipe rival também costuma fazer jogos na Arena Barueri e conhece muito bem o gramado, além de projetar a postura do Corinthians na decisão.

"A gente coloca a Arena Barueri também como nossa casa. Fizemos bastante partidas lá, tanto no Brasileiro quanto no Paulista. Sabemos da dificuldade que o Corinthians vai apresentar para gente, do mesmo jeito que estudaram a gente, a gente estudou todas elas. Serão jogos bem difíceis, mas vamos colocar nosso ritmo de jogo. A Arena Barueri tem um gramado muito bom e jogar lá, tanto para nós quanto para elas, é muito importante. Não jogar na casa delas será importante para nós, porque a torcida fica muito próxima e não ter em Barueri faz com que a gente imponha nosso jogo e busque a vitória", explicou a atacante.

Mesmo com a quebra de expectativa em jogar e reencontrar a torcida na Neo Química Arena, a zagueira Giovanna Campiolo afirmou que o Timão tem ótimas condições de fazer um bom jogo e sair com o título de Barueri. A atleta ainda aproveitou para convidar a Fiel para a partida, apesar do empecilho da distância.

"Não diria frustrante (não jogar na Neo Química Arena), claro que era um palco que todo mundo esperava, tanto a gente quanto a torcida, mas já fizemos grandes jogos na Arena Barueri. Tecnicamente, e falando do gramado, o jogo rola muito melhor também. É isso que a gente espera, é isso que queremos fazer. Sabemos da dificuldade da torcida para chegar até lá, o clube tem feito seus esforços para poder fazer o melhor para facilitar a ida do torcedor, e tenho certeza que será um grande jogo. A torcida estará em peso também. Sabemos que não será recorde de público, mas tenho certeza que terão pessoas para nos acompanhar e esperamos fazer um grande jogo", concluiu Giovanna.

O primeiro Majestoso pela final do Paulistão Feminino 2021 acontece já neste sábado. Corinthians e São Paulo se enfrentam às 16h, no Estádio do Morumbi. O jogo de volta é na próxima quarta-feira, dia 8 de dezembro, na Arena Barueri, às 21h. Até a manhã desta sexta-feira, o Corinthians não divulgou mais informações sobre os ingressos.

Notícias relacionadas

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo