Surpresas negativas, zebras e +: como estão os Estaduais pelo Brasil | OneFootball

Surpresas negativas, zebras e +: como estão os Estaduais pelo Brasil

Logo: OneFootball

OneFootball

Luiz Signor

Boa parte dos principais Campeonatos Estaduais pelo Brasil estão em suas fases decisivas.

E o OneFootball mostra como está a situação em cada um deles.

Tem gigante em apuros, times tradicionais que deixaram a desejar e até um que foi rebaixado de forma vexatória.


Carioca

Vasco e Botafogo, que se preparam para a Série B do Campeonato Brasileiro, ficaram de fora das semifinais da competição – lutarão apenas pela Taça Rio.

O Flamengo, favorito a mais uma taça, já levou a Taça Guanabara. E enfrentará o Volta Redonda nas semis do Carioca.

A outra semi será entre Fluminense e Portuguesa da Ilha do Governador, a grande surpresa da competição – que ficou invicta contra os quatro grandes.

O rebaixado foi o Macaé, que somou um único ponto em 11 jogos disputados.

A dupla Fla-Flu têm a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

E um dos grandes destaques individuais é Alef Manga, do Voltaço. Ele é, com nove gols, o artilheiro do Carioca.

As datas das semifinais:

Sábado – 1/5

21h05 Volta Redonda x Flamengo – Raulino de Oliveira

Domingo – 2/5

16h Portuguesa x Fluminense – Luso Brasileiro

Sábado – 8/5

21h05 Flamengo x Volta Redonda – Maracanã

Domingo – 9/5

16h Fluminense x Portuguesa – Maracanã


Paulista

O período sem jogos no estado de São Paulo fez com que a Federação proporcionasse verdadeiras maratonas para os clubes envolvidos em mais de uma competição – casos dos quatro grandes e do Red Bull Bragantino.

O que fez com que equipes tenham dez partidas feitas e outras apenas sete ou oito.

Até o momento, somente São Paulo e Corinthians estão matematicamente classificados às quartas de final. O Tricolor segue embalado após seis vitórias consecutivas.

Quem está em situação complicada é o atual campeão Palmeiras.

Soma 12 pontos e ocupa a terceira colocação do Grupo C – após atuar muitas vezes sem força máxima.

Com os mesmos oito jogos, o Novorizontino soma 17 na vice-liderança.

O foco do Verdão será tentar superar o Tigre, já que o Red Bull Bragantino lidera com 21.

O Santos é outro grande que tem deixado a desejar. Também por não ter ido bem quando atuou com times alternativos.

O Peixe soma nove pontos e caiu para a terceira colocação após o Guarani chegar aos 11 ao superar o Santo André.

Dois times serão rebaixados no Paulista, e São Bento e São Caetanos ocupam as duas últimas posições no momento.


Gaúcho

O Gauchão também chegou às semifinais.

Grêmio e Internacional foram à rodada final lutando pela primeira colocação – que ficou com o Tricolor.

O Grêmio, agora de Tiago Nunes, terá o Caxias pela frente. A equipe da Serra Gaúcha caiu de rendimento nas rodadas finais e só se classificou graças a um gol aos 40 do segundo tempo no duelo contra o Pelotas.

Já o Juventude fará um duelo de Série A contra o Colorado.

O Inter foi crescendo sob o comando de Miguel Ángel Ramírez, que foi realizando testes em busca de uma equipe ideal.

O Alviverde não começou bem a competição – foram três derrotas nas quatro primeiras rodadas -, mas cresceu de produção.

A tabela das semifinais:

Domingo – 2/5

16h Juventude x Internacional – Montanha dos Vinhedos

19h Caxias x Grêmio – Centenário

Sábado – 8/5

19h Internacional x Juventude – Beira-Rio

Domingo – 9/5

16h Grêmio x Caxias – Arena


Mineiro

Já está nas semifinais – que reunirá Atlético, América, Cruzeiro e Tombense.

O Galo não encantou na maioria dos jogos, mas avançou com a primeira colocação.

O Coelho sempre esteve entre os primeiros e lutando pela liderança.

A Raposa sofreu, mas engrenou e garantiu a classificação.

A decepção foi a Caldense, que venceu Atlético, Cruzeiro e América, mas ficou fora da semifinais graças a apenas uma vitória nas cinco últimas rodadas.

Boa Esporte e Coimbra foram os rebaixados para o Módulo II, a Segundona.

A agenda das semifinais:

Sábado – 1/5

16h30 Tombense x Atlético – Arena Independência

Domingo – 2/5

16h Cruzeiro x América – Mineirão

Sábado – 8/5

16h30 Atlético x Tombense – Mineirão

Domingo – 9/5

16h América x Cruzeiro – Arena Independência


Catarinense

A fase de classificação terminou com algumas surpresas – positivas e negativas.

Figueirense e Criciúma deixaram a desejar. O Alvinegro chegou à rodada final com chances de rebaixamento, mas se manteve na elite.

Já o Tigre protagonizou um dos maiores vexames de sua história. Foi derrotado pelo Avaí e caiu para a Segunda Divisão com a segunda pior campanha da competição: uma única vitória, cinco empates e cinco derrotas.

O Metropolitano foi o último colocado e outro rebaixado.

O Próspera, comandado por Paulo Baier, foi um dos destaques ao avançar às quartas de final. O Juventus também foi bem.

E o grande nome da competição é Perotti, cria da Chape.

Ele é, com 11 gols, o artilheiro isolado do Catarinense.

Os jogos de ida do mata-mata já começaram.

E quem garantiu boa vantagem foi o Avaí, que venceu o Próspera fora de casa em jogo que teve confusão envolvendo Paulo Baier.

O calendário das quartas de final:

Quarta – 28/4

19h Juventus x Marcílio Dias (0x1) – João Marcatto Bruque x Joinville (2×2) – Augusto Bauer

20h30 Avaí x Próspera (1×0) – Ressacada

21h30 Chapecoense x Hercílio Luz (0x0) – Arena Condá


Goiano

O Campeonato Goiano tem, até o momento, um time imbatível e um que iniciou a temporada sem agradar o torcedor.

O time a ser superado é o atual bicampeão Atlético, único invicto da fase de classificação – com nove vitórias e um empate.

Já a equipe que está deixando a desejar é o Goiás.

Após o rebaixamento no Brasileirão, o Esmeraldino deu sequência à reformulação que já acontecia no torneio nacional.

Sofreu para se classificar ao mata-mata – fez um ponto a mais do que o Goinésia, o quinto do Grupo B.

E levou 3 x 0 do Dragão na ida das quartas de final – em plena Serrinha.

Aparecidense e Vila Nova também conquistaram o mesmo placar fora de casa contra Jataiense e Anápolis, respectivamente.

O único duelo em aberto é entre Grêmio Anápolis e Iporá, que ficaram no 0 x 0.

Os rebaixados foram Jaraguá, de grande campanha em 2020, e Itumbiara.

O calendário das quartas de final:

Sábado – 1/5

16h Aparecidense x Jataiense (3×0) – Aníbal Toledo Grêmio Anápolis x Iporá (0x0) – Jonas Duarte Vila Nova x Anápolis (3×0) – OBA

Domingo – 2/5

Atlético-GO x Goiás (3×0) – Antônio Accioly


Paranaense

O Paranaense foi outro Estadual que ficou sem jogos durante um período. A bola voltou a rolar e, agora, somente Paraná e Athletico ainda não têm seis jogos – ambos se enfrentarão na sexta (30).

FC Cascavel e Cianorte são os únicos invictos, ocupando a liderança e a terceira colocação. O vice-líder é o Coritiba.

Atuando sem seus principais jogadores, o Furacão reagiu com duas vitórias seguidas.

Já o Paraná, que disputará a Série C neste ano e caiu logo na primeira fase da Copa do Brasil, é apenas o nono.


Pernambucano

Ainda é disputada a fase de classificação. E com o “Náutico de Munique” sobrando.

O Timbu tinha 100% de aproveitamento até a última segunda (26), quando ficou no 2 x 2 com o Afogados.

Lidera a competição com 22 pontos, o Alvirrubro já se garantiu nas semifinais da competição.

O Sport começou mal, mas engatou uma boa série de vitórias e está em segundo (17 pontos) – e próximo da outra vaga direta às semis.

O Santa Cruz patina. Tem apenas nove pontos e um jogo a menos. Luta para seguir na zona de classificação às quartas.

Time que vende caro a eliminação para o Corinthians na Copa do Brasil, o Retrô é apenas o sétimo, com sete.

Kieza, do Náutico, é o goleador do Estadual. São sete gols – quatro apenas em um jogo.


Baiano

A Juazeirense, uma das surpresas da Copa do Brasil – passou por Sport e Volta Redonda e, agora, enfrentará o Cruzeiro – lidera a competição.

São 17 pontos contra 13 do Atlético de Alagoinhas.

O Bahia, que atua com um time alternativo – a equipe principal joga a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Sul-Americana -, fecha o G-4 com 12 pontos.

Já o Vitória, que tem dois jogos a menos, é o penúltimo.

Voltará a atuar na quarta (28), quando terá o Vitória da Conquista pela frente.


Cearense

Apenas uma rodada tinha sido disputada até a competição ter sido paralisada pelo Governo local.

A retomada acontecerá no próximo fim de semana.

O Fortaleza estreou com vitória sobre o Atlético, enquanto que o Ceará foi superado pelo Ferroviário.


Foto de destaque: IMAGO / Fotoarena