Sonolenta, Juventus vence o Venezia sem brilhar e se aproxima da vaga direta na Champions | OneFootball

Sonolenta, Juventus vence o Venezia sem brilhar e se aproxima da vaga direta na Champions

Logo: Trivela

Trivela

Alijada mais uma vez da disputa pelo título da Serie A, a Juventus se contentou em brigar por uma vaga direta na Liga dos Campeões. Em casa, neste domingo (1º), a equipe bianconera venceu o Venezia por 2 a 1, mas não encantou e continua tendo dificuldade para vencer equipes da parte de baixo da tabela.

Varrer a Itália por tantos anos deixou a torcida mal-acostumada. A Juve pode até não ter mudado tantas peças entre os atletas titulares em sua lenta transição, mas continua com um elenco bastante caro em comparação aos demais. É justamente por esse motivo que se espera tanto do time de Massimiliano Allegri, sobretudo após a janela de transferências de janeiro, quando a chegada de Dusan Vlahovic resolveu a questão ofensiva e mudou a perspectiva juventina para a temporada.

Meses se passaram desde a chegada do sérvio, e o principal objetivo do clube ruiu diante de um eficiente Villarreal na Liga dos Campeões. Sem ter muito o que ambicionar além disso, a Juve se manteve viva na frente da Copa da Itália, na qual será finalista contra a Inter. Esse repentino desinteresse pela Serie A, devido à zona de conforto na qual o time turinense se encontra, ajuda a explicar o desempenho ruim na segunda metade da campanha.

Contra o Venezia, a Juve novamente fez bem menos do que poderia. Venceu com dois gols de Leonardo Bonucci, um bem no início da partida e outro para garantir os três pontos, quando o Venezia causava forte turbulência no Allianz Stadium. Tranquila administrando a partida, a equipe mandante foi surpreendida pela competitividade dos arancioneroverdi, que buscaram a igualdade com um petardo de Mattia Aramu, de longa distância. Aramu, diga-se de passagem, já havia marcado contra a Velha Senhora na partida do turno. Hoje, repetiu o feito e ganhou um lance para colocar no DVD dos grandes momentos de sua modesta carreira.

Pelo volume de jogo apresentado, a Juve poderia muito bem ter sido superada pelo Venezia, que está na lanterna do campeonato e não desiste de lutar. Não fosse pela famosa bola parada, que culminou em um gol quase acidental de Bonucci, que se jogou em direção à rede e foi atingido pela bola, as vaias teriam sido bastante sonoras no estádio.

Bonucci fez o papel que deveria ser de Vlahovic, e em vez de caras fechadas, o que se viu no gramado foi o alívio de quem está quase cumprindo com o último dos objetivos para a temporada. Com a vitória, a Juve chegou aos 69 pontos, abrindo 10 de vantagem em relação à Lazio, que está em quinto. O Venezia, que segura a lanterninha, mas ainda tem chance de escapar do descenso, terá duelo direto com a Salernitana na semana que vem.

Mais tarde neste domingo, a Roma encara o Bologna e pode passar seu rival, encurtando para apenas oito a distância para o quarto posto. Basta um tropeço do time de Mourinho e a vaga estará assegurada. Se não hoje, tudo indica que os comandados de Allegri devem garantir a passagem continental na próxima rodada, quando viajam para enfrentar o Genoa. É sobre isso e tá tudo bem?

Saiba mais sobre o veículo