Sindicato de jogadores da Espanha apoia os jogadores do Barcelona em oposição a cortes salariais no clubes

Logo: LL Brasil

LL Brasil

Imagem do artigo: Sindicato de jogadores da Espanha apoia os jogadores do Barcelona em oposição a cortes salariais no clubes

O sindicato dos jogadores espanhóis da AFE (Associação de Jogadores Espanhóis) deu o seu apoio aos  jogadores do Barcelona que se opõem à tentativa do clube de forçar uma redução salarial.

De acordo com o Marca, as estrela da equipe do Barcelona enviaram um burofax ao clube expondo sua oposição aos planos que os obrigariam a uma redução salarial de 30%, e a AFE agora vai apoiar os jogadores.

Segue-se uma reportagem do Marca  que há uma divisão no vestiário do clube, que descreve como quebrado”, entre um pequeno número de jogadores abertos a cortes salariais mas a maioria não confia nos motivos do clube.

As contas do clube mostram que a dívida do Barcelona mais do que dobrou durante a campanha de 2019-20, em meio a resultados financeiros extremamente preocupantes.

Os números financeiros do clube, delineados pela Marca, mostram que a dívida do clube aumentou de € 217 milhões (R$ 1 bilhão) em junho de 2019 para € 488 milhões (R$ 3 bilhões) em junho de 2020.

Embora o time titular do clube tenha sido reduzido este ano, com uma redução de 80 milhões de euros na folha de pagamento, ainda há perspectivas financeiras preocupantes para o clube.