Sem Sergio Ramos e Benzema, Real perde mais uma em casa no Campeonato Espanhol

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Imagem do artigo: Sem Sergio Ramos e Benzema, Real perde mais uma em casa no Campeonato Espanhol

Em pleno Alfredo Di Stéfano, o Real Madrid perdeu por 2 a 1 para o Alavés, na tarde deste sábado (28), em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol. Lucas Pérez e Joselu marcaram para os visitantes no início de cada tempo. Casemiro descontou já no final. Com o resultado, o Real permanece na quarta posição na tabela com 17 pontos. Quatro pontos atrás, o Alavés sobe para nono.

Antes do apito inicial, os jogadores e a equipe de arbitragem prestaram 1 minuto de silêncio em homenagem a Diego Armando Maradona, que faleceu na última quarta-feira. Uma camisa 10 da Seleção Argentina com o nome do craque às costas foi estendida no meio-campo.

Visitante indigesto

A bola mal tinha começado a rolar quando o Alavés ganhou um escanteio de presente da defesa do Real. Na cobrança, Laguardia apareceu livre no segundo poste e escorou para o meio da área, mas o passe foi interceptado pelo braço esquerdo de Nacho. Pênalti. Lucas Pérez assumiu a batida e abriu o placar para os visitantes logo aos 5 minutos de jogo. Os Merengues tentavam esboçar uma pressão em busca do empate, mas faltava qualidade. Por sua vez, o Alavés estava bem armado em campo e teve a chance de ampliar o marcador aos 23 minutos, quando Lucas Pérez saiu cara a cara com Curtois, mas desperdiçou.

Paredão

Já no final do primeiro tempo, o Real teve a melhor chance para empatar nos pés de Toni Kroos. Após erro na saída de bola do adversário, o volante alemão saiu de frente para o gol e finalizou duas vezes. Melhor para Fernando Pacheco, que fez duas brilhantes defesas e manteve a vantagem no placar. No meio da área, o centroavante Mariano Díaz estava livre e esbravejou contra o companheiro de equipe por não ter tocado a bola.

Entregou o ouro

Na volta do intervalo, o Real Madrid mostrou que pressionaria o Alavés desde o primeiro lance, mas a estratégia foi por água abaixo depois da bobeira de Curtois. Aos 3 minutos, o goleiro recebeu uma bola recuada e foi pressionado por Lucas Pérez. Na tentativa de sair pelo meio, acabou entregando a bola nos pés do atacante Joselu, ex-Real, que mandou para o gol vazio. O cenário da primeira etapa se repetia na segunda: pressão inofensiva dos mandantes e perigo nos contra-ataques dos visitantes. O Alavés teve duas chances claras para definir o jogo, mas não aproveitou. Na primeira, Curtois se redimiu do erro e salvou o forte chute de Lucas Pérez. Na segunda, Joselu quis estufar as redes e mandou para fora.

Gol de honra

Já não havia mais tática em campo. Zidane fez as substituições que podia fazer , mas os jogadores não respondiam à altura. A solução era a bola aérea. Aos 37, o zagueiro Dejeune salvou o cabeceio de Mariano Díaz em cima da linha. Aos 40, não teve jeito. Casemiro apareceu na pequena área para pegar o rebote do chute de Vinícius Jr e descontar. No último lance do jogo, Isco ainda mandou uma bola no travessão de Pacheco, foi o requinte de crueldade que sacramentou a terceira derrota do Real na La Liga.

Agenda

O próximo compromisso do Real Madrid é contra o Shakhtar Donetsk, pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League, na terça-feira (1/12), no estádio de Kiev, às 17h. Em caso de vitória, os Merengues garantem vaga nas oitavas com uma rodada de antecipação.