Sem espaço na equipe titular, Danilo Barbosa segue no elenco em busca de oportunidades

Logo: Nosso Palestra

Nosso Palestra

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fi1.wp.com%2Fnossopalestra.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F07%2F51143705418_c879d379d2_o.jpg%3Ffit%3D1500%252C844%26ssl%3D1&q=25&w=1080

Emprestado ao Palmeiras pelo Nice, da França, Danilo Barbosa desembarcou em São Paulo no mês de março deste ano e, até aqui, entrou em campo pelo Alviverde em apenas 18 jogos. Considerado reserva da equipe, no momento, o volante segue treinando com o restante do elenco em busca de mais oportunidades com Abel Ferreira.

O camisa 18 não atua desde o início do mês de julho, quando saiu do banco de reservas para ajudar o time a garantir a vitória por 1 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro. De acordo com apuração do NOSSO PALESTRA, o jogador não apresenta qualquer tipo de lesão ou conta com qualquer tipo de negociação em andamento para deixar o clube, apenas não vem atuando por uma opção do comandante português, com quem já trabalhou em Portugal, pelo Braga, na temporada de 2017-18.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!

Desde que assinou contrato com o Alviverde, Danilo Barbosa foi utilizado de diferentes maneiras por Abel. Volante de origem, o ex-atleta do Nice já foi colocado para jogar tanto no setor de meio-campo, como na defesa, onde, inclusive, foi colocado para atuar em sua partida de estreia, no dia 16 de abril, contra o São Paulo, em partida válida pela primeira fase do Campeonato Paulista.

Durante o Paulistão foi quando o meio-campista mais foi utilizado pelo técnico, sendo, inclusive, escolhido para sair jogando no time titular na partida de volta da decisão do Estadual, também diante do Tricolor. No momento, a comissão técnica entende que o jogador está atrás de outros nome do setor no elenco, como Danilo e Zé Rafael, que fazem parte dos 11 iniciais.

Danilo Barbosa tem contrato por empréstimo até o final de 2021 com o Verdão e, caso o clube tenha interesse na extensão do vínculo, poderá optar pelo opção de compra ao final do período estipulado contratualmente.

LEIA MAIS

  • Com Piquerez encaminhado, Palmeiras terá quatro opções para três trocas na Libertadores
  • Borja causa boa impressão em retorno ao Palmeiras: ‘Empolgado’
  • Palmeiras fecha mês de maio com lucro e apresenta R$ 67 milhões de superávit ao longo de 2021
Saiba mais sobre o veículo