Sem espaço com Luxemburgo, Zé Eduardo retorna por empréstimo ao América-RN | OneFootball

Sem espaço com Luxemburgo, Zé Eduardo retorna por empréstimo ao América-RN

Logo: Deus me Dibre

Deus me Dibre

FOTO: GUSTAVO ALEIXO / CRUZEIRO E.C.

O futuro do atacante Zé Eduardo, de 22 anos, não será no Cruzeiro. Fora dos planos do técnico Vanderlei Luxemburgo, o jogador defenderá o América-RN e disputará a Série D do Brasileiro na próxima temporada, clube que atuou em 2020 com certo destaque antes de ter seu retorno solicitado ainda por Ney Franco, então treinador da Raposa, em outubro daquele ano. O clube já anunciou o retorno do atacante em suas redes sociais.

Pelo Cruzeiro, Zé Eduardo nunca conseguiu uma sequência. Após retornar em outubro de 2020, entrou em campo apenas uma vez, no empate em 0 a 0 contra o Oeste, pela 15º rodada da Série B, confronto que culminou na demissão de Ney Franco. Entre o fim de 2020 e a pré-temporada de 2021, o atacante acionou o clube na Justiça exigindo atrasados e buscando a rescisão unilateral do contrato válido até 2024. Com a saída de Felipão, a diretoria e o técnico Felipe Conceição fizeram um acordo com o atleta e prometeram oportunidades. Em troca, o jogador retirou a ação.

Contudo, ele teve uma alteração cardíaca detectada durante a pré-temporada e acabou ficando fora dos treinamentos por seis meses, não ficando a disposição de Felipe Conceição e Mozart durante a Série B. Com a chegada de Luxemburgo, o jogador voltou aos treinamentos mas nunca recebeu oportunidades, figurando no banco de reservas quatro vezes. O relacionamento com o experiente comandante ficou conturbado após seu pai ir as redes sociais fazer reclamações públicas sobre a falta de minutagem. Durante a última semana surgiu a possibilidade de se transferir para o La Serena, do Chile, mas recusou a oferta.

Em 2020, Zé Eduardo foi emprestado a Vila Nova-MG e América-RN. Somando sua passagem pelos dois clubes, marcou 10 gols em 11 jogos. Durante todo o imbróglio envolvendo seu retorno o atacante teve proposta para retornar ao América-RN, chegando inclusive a viajar para Natal. Porém, não houve acordo entre às diretorias referente a porcentagem que havia ficado com o clube potiguar (15%) e que deveria ser devolvida ao Cruzeiro pelo empréstimo. Com a recusa do Dragão, a negociação foi descartada. O jogador também chegou a receber sondagens do ABC-RN, Campinense-PB e Caldense.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo