Sem aceitar acordo com o Santos, presidente do Atlético Nacional explica o motivo

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

Imagem do artigo: Sem aceitar acordo com o Santos, presidente do Atlético Nacional explica o motivo

Nos últimos dias, a diretoria santita tentou um acordo com o Atlético Nacional, sobre a dívida da compra do zagueiro Felipe Aguilar, que já foi vendido ao Athletico Paranaense. O Santos ofereceu US$ 200 mil (aproximadamente R$ 1,1 milhão), valor este, fruto da vaquinha virtual que foi arrecadado, além de 40% do passe do jogador. Vale lembrar que em 2019, quando o Santos contratou o zagueiro, comprou 100% dos direitos federativos do jogador, não fez pagamento algum, e em 2020, vendeu 50% ao Athletico por R$ 10 milhões, e continua detentor dos 50% restantes.

A primeira proposta foi negada pelo presidente do Atlético Nacional, Juan David Pérez, que mesmo reconhecendo o esforço da diretoria para a negociação se concretizar, afirmou que a proposta é inaceitável. O clube colombiano espera receber uma compensação financeira maior no momento, e não se interessou em ter percentual do passe do jogador como parte do pagamento. Segundo o presidente colombiano, “esta diretoria do Santos mostrou vontade, deu as caras, fizemos reuniões, mas nós precisamos de dinheiro. E isso não é suficiente. Propuseram pagar a dívida com percentual do Felipe Aguilar. Devem 1 milhão de dólares e só queriam pagar 200 mil, mais 40% do Aguilar, sem outros pagamentos. É inaceitável e até ofensivo.”

Para a diretoria santista, a proposta é o início das negociações, que não se encerraram. A diretoria deve apresentar nova proposta, já que o débito com o Atlético Nacional rendeu uma punição da Fifa ao Santos, que impede o registro de novos atletas. No início de outubro, a diretoria conseguiu fazer a quitação da dívida com o Hamburgo, da Alemanha, referente à compra do zagueiro Cléber Reis e depois com o Huachipato, do Chile, na compra do atacante Soteldo. Agora, falta o acerto com o Atlético Nacional pela compra do zagueiro Felipe Aguilar e depois, o Krasnoodar da Rússia, pela compra do meia Christian Cueva. Dos jogadores que o Santos comprou e não efetuou pagamentos, apenas o atacante Yeferson Soteldo segue no Santos.

(Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial)