Savic lamenta empate com o Athletic e dispara contra a arbitragem | OneFootball

Savic lamenta empate com o Athletic e dispara contra a arbitragem

Logo: PL Brasil

PL Brasil

Em suma, neste sábado (18), Atlético de Madrid x Athletic Bilbao se enfrentaram no Wanda Metropolitano em confronto válido pela 5ª rodada de La Liga. A saber, a partida finalizou em um empate por 0 x 0, e a arbitragem desencadeou a fúria de Savic e do elenco rojiblanco.

O Atleti de Simeone teve uma tarde complicada jogando em casa, posto que além de ter conquistado apenas um ponto, encontrou novamente uma antiga dor de cabeça: Jesús Gil Manzano. A arbitragem mais uma vez rendeu uma chuva de críticas rojiblancas, além de trazer consigo a polêmica com a expulsão de João Félix.

Foto: Reprodução/Jesus Alvarez Orihuela/Diario AS

Na primeira ocasião, João Félix tinha sido amarelado por acertar um manotaço na cara do seu rival, e, faltando 10 minutos para o encerramento da partida, o português viu o segundo cartão amarelo após dizer-lhe a Gil Manzano “você está louco”. Sendo assim, o juiz do confronto não hesitou e mandou-o para a ducha mais cedo, provocando que os ânimos rojiblancos se alterassem ainda mais.

As opiniões após o fim

Imediatamente após o confronto ser encerrado, foi Savic quem se pronunciou reclamando da atuação da arbitragem – quem foi rodeada pelos Colchoneros após o apito final.

“NÃO SABEMOS O QUE ESTÁ ACONTECENDO, NÃO TEMOS SORTE. NÓS NÃO PENSAMOS NAS COISAS QUE NÃO TEMOS INFLUÊNCIAS. NÃO PODE SER QUE NOS MOSTRE TANTOS CARTÕES. O RITMO SOBE E ESTAMOS IRRITADOS, NÃO É O MESMO FALAR COM A CABEÇA FRIA. SOBE A ADRENALINA. COM O JUIZ NÃO SE PODE FALAR, NÃO É NORMAL QUE NOS MOSTRE 15 CARTÕES POR CADA PALAVRA. É MELHOR NÃO DIZER NADA. NÃO QUERO BUSCAR PROBLEMAS.”

Stefan Savic comentou também em relação à expulsão do seu companheiro de equipe, e citou que “é visível que João Félix não teve a intenção de tocar e não é amarelo. Podem se dizer as coisas e eles tem que entender que às vezes pode se dizer uma palavra fora de lugar.”

Por fim, na coletiva de imprensa foi El Cholo quem opinou ao respeito do ocorrido.

“Se o gesto o faz outro possivelmente gil manzano não o expulse. não acho que todas sejam amarelos. pode se falar com respeito e educação, para saber o que está acontecendo.”

A saber, até o momento atual da temporada o Atlético de Madrid já tem 22 amarelos – o clube com mais cartões na competição. Assim sendo, na temporada passada foi a equipe que mais recebeu cartões em La Liga, com um total de 100.

O passado no Pizjuán

O Atleti chegou no confronto com um sabor amargo na boca, posto que no jogo contra o Sevilla na última temporada no Ramón Sánchez Pizjuán, os rojiblancos acabaram sendo derrotados por 1 x 0 com um polêmico gol de Acuña – e com Gil Manzano envolvido.

O argentinou fez o gol da vitória em uma jogada que nascia com uma mão de Ocampos que nem o juiz e nem o VAR marcaram, o que indignou o lado colchonero. Ademais, os amarelos dados a Suárez, Llorente e Kondogbia privou-os de disputar o compromisso seguinte contra o Villamarín, partida na qual perderam dois pontos após empatar por 1 x 1.

Saiba mais sobre o veículo