São Paulo e Fluminense lutam por grana, tempo de preparação e muito +

Logo: OneFootball

OneFootball

OneFootball

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F02%2F2020-Brasileirao-Series-A-Sao-Paulo-v-Fluminense-Play-Behind-Closed-Doors-Amidst-the-Coronavirus-COVID-19-Pandemic-1614098903-1000x744.jpg&q=25&w=1080

O São Paulo poderia ter garantido a sua vaga na fase de grupos da próxima Libertadores na última segunda, mas foi derrotado pelo Botafogo.

O que manteve o Fluminense com a possibilidade de chegar ao G-4 na 38ª e última rodada do Brasileirão.

Confira aqui as demais projeções para a “hora da verdade” da competição.

O OneFootball mostra o que está em jogo para os Tricolores. Que também envolve outro Tricolor, o Grêmio! Entenda a seguir:


🧮 As contas na 38ª rodada

O São Paulo é o atual quarto colocado. Soma 63 pontos, com 17 vitórias.

O Fluminense tem 61 e com os mesmos 17 triunfos – o que pode fazer a diferença.

O Tricolor paulista receberá o Flamengo no Morumbi e precisa vencer ou vencer para não depender de um tropeço do adversário.

Já o Tricolor carioca toma a posição do rival se derrotar o Fortaleza no Maracanã e o São Paulo empatar ou for derrotado em casa.

Uma vitória do time de Fred, Nenê & Cia. somada a um empate da equipe de Luciano e Daniel Alves garantirá o Fluminense no G-4 graças ao número de vitórias – que ficaria 18 contra 17.


🤑 Muita grana em jogo

Duas premiações fazem toda a diferença – ainda mais levando em consideração as situações financeiras de São Paulo e Fluminense.

O quarto colocado do Brasileirão levará R$ 28 milhões. Já o quinto faturará R$ 26,4 milhões.

Começar a Libertadores a partir da fase de grupos garante 1 milhão de dólares (R$ 5,4 milhões) para cada jogo na condição de mandante.

O que significará R$ 16,2 milhões assegurados.

Já o time que inicia a competição na fase 2 (a primeira preliminar com times brasileiros) leva 500 mil (R$ 2,7 milhões).

E se avançar, à fase 3, a premiação fatura 1,1 milhão de dólares (R$ 6 milhões).

🤕 Queda pode ser (muito dolorida)

Somente os times que caírem na fase 3 da Libertadores terão a chance de disputar a Copa Sul-Americana.

Ou seja: uma eliminação precoce para o Ayacucho, do Peru, significará uma temporada com apenas Copa do Brasil e Brasileirão pela frente.

⌛ Tempo de descanso. E preparação!

A segunda fase da Libertadores começará entre os dias 9 e 11 de março – duas semanas após o término do Brasileirão.

Já confirmado na condição de “Brasil 8”, o Santos, por exemplo, enfrentará o Deportivo Lara, da Venezuela, em 9 e 16 de março.

Já o início da fase de grupos da competição está previsto para os dias 20 e 22 de abril.

Haverá a possibilidade de um período de descanso após o Brasileirão e tempo de preparação.

O São Paulo iniciará um trabalho do zero com Crespo. E o Fluminense deverá ter Roger Machado como treinador.


🟢 O fator Palmeiras

Ainda haverá esperança para Fluminense ou São Paulo caso terminem o Brasileirão em quinto.

A torcida passará a ser toda do Palmeiras.

O Verdão já tem a sua vaga na fase de grupos da Libertadores garantida por ser o atual campeão do torneio.

E se levar a Copa do Brasil sobre o Grêmio, a vaga do vencedor do torneio mata-mata nacional ficará com o quinto colocado do Campeonato Brasileiro.

👀 Grêmio de olho no quinto lugar

O Tricolor gaúcho sabe que disputará a próxima Libertadores. Só não sabe a partir de quando.

O título da Copa do Brasil lhe garantirá na fase “nobre” do torneio. Mas o vice-campeonato também pode ser interessante.

Diego Souza, Pepê & Cia. ainda podem terminar o Brasileirão na quinta colocação.

Neste caso, a disputa é apenas com o Fluminense, que tem os já citados 61 pontos.

Se vencer o Red Bull Bragantino no Nabi Abi Chedid e a equipe carioca for derrotada pelo Fortaleza, o Grêmio, que soma 59, fica em quinto.

Um empate do Tricolor carioca não serve, pois o Grêmio chegaria a 15 vitórias contra 17 do rival.

Se ficar em quinto no Brasileirão e perder a final da Copa do Brasil, o Tricolor gaúcho ainda disputaria a Libertadores a partir da fase de grupos.


Foto: Alexandre Schneider/Getty Images