Santos tem pior aproveitamento como mandante desde 2009 | OneFootball

Icon: Jogada10

Jogada10

·26 de setembro de 2022

Santos tem pior aproveitamento como mandante desde 2009

Imagem do artigo:Santos tem pior aproveitamento como mandante desde 2009

O Santos se prepara para encarar o Athletico Paranaense na próxima terça-feira (27), às 21h, na Vila Belmiro, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, no duelo, o Peixe tenta recuperar uma força que sempre foi tradicional em sua história. A força dentro do Urbano Caldeira.

Afinal, nesta temporada, o desempenho em casa tem sido longe da expectativa dos torcedores. O Peixe tem o pior aproveitamento como mandante desde o Campeonato Brasileiro de 2009. Neste ano, o Santos disputou 13 jogos como mandante. Foram 12 dentro da Vila Belmiro e um na Arena Barueri. São seis vitórias, quatro empates e três derrotas, com 20 gols marcados e 12 sofridos. Um aproveitamento de 56,4%.

Imagem do artigo:Santos tem pior aproveitamento como mandante desde 2009

Peixe não engole mais os seus adversários na Vila Belmiro – Ivan Storti/Santos FC

Contudo, no Brasileirão de 2009, nas 19 partidas dentro de seus domínios, foram oito vitórias, seis empates e cinco derrotas, com 35 gols marcados e 27 sofridos. Um total de 52,6% de aproveitamento. Esta é a pior campanha do Peixe no torneio de pontos corridos.

O desempenho de 2022 é inferior até ao da última temporada, quando o Santos lutou contra o rebaixamento. O Alvinegro Praiano teve um aproveitamento de 57,8%, com nove vitórias, seis empates e quatro derrotas.

Aliás, a equipe de Orlando Ribeiro busca encerrar uma série de quatro jogos sem vitória, sendo um empate e três derrotas. É a primeira vez na temporada que o Peixe perdeu três partidas em sequência. Contudo, o Peixe está em queda na tabela e hoje ocupa a 11ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 34 pontos.

Santos tem costume de ser forte na Vila Belmiro

Em anos anteriores, o Santos chegou a ter aproveitamento acima de 80% como mandante. Na última passagem de Dorival Júnior, por exemplo, o Peixe terminou o Brasileirão de 2015 com 84,2% de aproveitamento. Na temporada seguinte, em 2016, fechou a conta com o vice-campeonato e 82,4% de pontos obtidos em casa.

Já em 2019, sob o comando de Jorge Sampaoli, o Santos somou 80,7% dos pontos disputados como mandante. Com apenas uma derrota em toda a competição, o Peixe obteve mais um vice-campeonato nacional.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Saiba mais sobre o veículo