Santos se garante nas quartas de final da Sul-Americana e deve muito ao goleiro João Paulo

Logo: Jogada10

Jogada10

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fjogada10.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F07%2FIndependiente-x-Santos-Ivan-Storti-Santos-FC.jpg&q=25&w=1080

O Santos eliminou o Independiente e está nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, jogando em Avellaneda, no Estádio Libertadores de América, o Peixe empatou com o rival argentino em 1 a 1, gol de Kaio Jorge para os paulistas e Lucas González para os argentinos (na ida, Santos 1 a 0). Foi um resultado sofrido, pois o Independiente foi superior e criou várias chances que pararam nas mãos do melhor jogador em campo, o goleiro João Paulo, autor de pelo menos nove defesas e dono da melhor atuação individual nesta temporada no futebol brasileiro. Vale destacar que o Independiente teve dois expulsos no segundo tempo. Nas quartas o rival do Santos será o Libertad-PAR. Esta é a primeira vez que o time paulista alcança esta fase na Sula.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=721&image=https%3A%2F%2Fjogada10.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F07%2FIndependiente-x-Santos-Divulgacao-CONMEBOL-Sudamericana2-1.jpg&q=25&w=1080

Kaio Jorge tenta dominar a bola para o Santos. Foi dele o gol que abriu o placar – Divulgação-CONMEBOL Sudamericana

Primeiro tempo

O Santos fez um jogo fraco no primeiro tempo. Afobado no ataque, com pouca produtividade no meio de campo e com a defesa se confundido na marcação. Não por acaso o Independiente ficou em cima e teve as melhores chances nos primeiros 35 minutos. Não saiu na frente por causa do goleiro João Paulo, que realizou uma defesa quase impossível numa finalização de Velasco. E pouco depois o goleiro foi muito bem em dois lances que pareciam gols certos.

O Peixe estava nas cordas. Mas um lance aos 38 mudou o jogo e com a presença de dois jogadores que estavam apagados. Marinho e Sánchez. O atacante roubou uma bola e Sánchez recebeu fazendo um lançamento para Kaio Jorge. Insaurralde tentou cortar e ajeitou de vez para Kaio Jorge fazer 1 a 0. O Independiente  sentiu o golpe e  quase ampliou com Madson e Kaio Jorge.

Segundo tempo

Na volta do intervalo o Santos, com a boa vantagem (só seria eliminado se levasse três gols) se fechou de vez, arriscando apenas contra-ataques puxados por Marinho. Lá atrás, as falhas da defesa seguiam e João Paulo precisou fazer mais duas das defesas quase impossíveis que fizeram dele o melhor em campo. Quando Insurralde foi expulso por falta em Marinho, a sensação era de que o jogo estava decidido. Mas, aos 22, um erro (mais um) da defesa santista resultou numa confusão que Romero mandou para a rede empatando o jogo. Mas o Peixe se fechou ainda mais  e, engarrafando a defesa e tendo boas oportunidades com Marcos Guilherme e Pirani.

Fim de jogo e a vaga na mão. O Santos foi muito raçudo, mas deixou a desejar na estratégia e na tática. E tem de saber que não será sempre que vai baixar o santo de Gordon Banks, Yashin, Gilmar em João Paulo, como ocorreu nesta noite na Argentina.

INDEPENDIENTE 1X1 SANTOS 

Data: 22/7/2021; 19h15 (de Brasília) – Jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana Local: Estádio Libertadores da América, Buenos Aires (ARG)

INDEPENDIENTE: Sosa; Bustos, Barreto, Insaurralde e Rodríguez (Soñora, aos 35′ do 2ºT); Lucas Romero, Clanco (Jonathan Herrera, no Intervalo) e Palacios (Marquez, aos 39′ do 2ºT); Velasco (Braian Martínez, aos 39′ do 2ºT) , Roa (Lucas González, no Intervalo) e  Silvio Romero. Técnico: Julio Falcioni.

SANTOS: João Paulo, Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Camacho (Alison, aos 40′ do 2ºT), Jean Mota e Sánchez (Pirani, aos 28′ do 2ºT); Marinho (Lucas Braga, aos 28′ do 2ºT), Kaio Jorge e Marcos Guilherme (Marcos Leonardo, aos 40′ do 2ºT). Técnico: Fernando Diniz.

Gols: Kaio Jorge, aos 37′ do 1ºT (0-1); Lucas González, aos 22′ do 2ºT (1-1)

Árbitro: Diego Mirko Haro Sueldo (PER) Auxiliares: Jony Bossio e Edwar Saveedra (ambos do Peru) VAR: Victor Carrilo (PER) Cartões amarelos: Rodríguez, Lucas Romero, Barrero (IND); Jean Mota (SAN) Cartões Vermelhos: Insaurralde (IND, aos 16′ do 2ºT)  e Barreto (IND, aos 51 do 2ºT)

Siga o Jogada10 nas redes sociais, TwitterInstagram e Facebook.

Saiba mais sobre o veículo