Santos empata sem gols com Olímpia na Vila Belmiro e se mantem invicto

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

Imagem do artigo: Santos empata sem gols com Olímpia na Vila Belmiro e se mantem invicto

Santos 0 x 0 Olímpia

O Santos empata sem gols com o Olímpia, na Vila Belmiro e se mantem invicto. Partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O Peixe conseguiu uma liberação para que Raniel, que testou positivo para COVID-19, pudesse disputar a partida e começou titular. Pará que estava sem condições de jogar por conta do desgaste no Brasileirão, barrou a sequência de Madson. Sanchez, experiente na competição e completando 100º jogo com o Santos, ganhou a faixa de capitão.

PRIMEIRO TEMPO

Olímpia saiu com a bola. com apenas um minuto Santos chegou pelo lado esquerdo com Soteldo, mas sem sucesso. Olímpia obteve o primeiro escanteio da partida, fez uma jogada ensaiada, porém a defesa santista afastou. Ortiz arriscou de fora da área e João Paulo defendeu. Após Marinho inverter o jogo para Soteldo, o camisa 10 driblou e Diego Pituca chutou nas mãos do Azcona. Camacho chutou forte, exigiu defesa importante de João Paulo. Cartão amarelo para Candia após falta em Marinho. Santos chegou com Sanchez que deixou para Raniel e finalizou por cima do gol. Santos conseguiu seu primeiro escanteio aos 36 minutos. Soteldo fez boa jogada após pivô de Raniel e bola bateu na trave. Candia fez falta dura em Marinho que cobrou forte perto da lateral direta, mas Azcona fez a defesa. Após passe de Marinho, Pará cruzou e Raniel não conseguiu completar a bicicleta. Na sobra, Marinho chutou forte e bola passou ao lado do gol. 1 minuto de acréscimo. No último lance dos primeiros 45 minutos, Marinho cobrou falta pela direita e obrigou Azcona a defender. Primeiro tempo do Santos deu muita liberdade, contudo na reta final o Peixe mudou a postura e melhorou.

SEGUNDO TEMPO

Santos saiu com a bola. Olímpia começou pressionando, mas Peixe construiu jogada e Soteldo brilhou individualmente, contudo sem sucesso. Cartão amarelo para Rojas após falta em Marinho. Na sobra do escanteio curto, Felipe Jonatan arriscou de fora da área e obrigou Azcona a defender. Após cruzamento de Soteldo, Sanchez cabeceou para Raniel que não conseguiu finalizar. Marcos Leonardo entrou no lugar de Raniel. Após falta dura em Marinho, Ortiz recebe o segundo amarelo e é expulso. Sanchez cobrou falta perto da meia lua, mas bola bateu na barreira. Lucas Lourenço entrou no lugar de Alison. Jean Mota e Madson entraram no lugar de Felipe Jonatan e Pará. Jean Mota cobrou falta perto da grande área, mas bola passou ao lado do gol. Cartão amarelo para Marinho após dividida. 5 minutos de acréscimos. Após passe de Sanchez, Madson, sem ângulo, finalizou e Azcona defendeu. Segundo tempo equilibrado, mesmo com um a mais o Peixe não conseguiu se impor.

O próximo desafio do Peixe será diante o Botafogo, pelo Brasileirão. Após uma sequência de três jogos na Vila Belmiro, o Santos vai ao Nilton Santos buscar uma vitória para melhorar a classificação na tabela. Pela Libertadores, o Alvinegro reencontrará o Delfin na quinta-feira (24) no Estádio Jocay.

Créditos foto de capa: Reprodução Twitter Santos FC