San Lorenzo quita dívida que rendia ‘transfer ban’ ao clube | OneFootball

San Lorenzo quita dívida que rendia ‘transfer ban’ ao clube | OneFootball

Icon: Futebol Latino

Futebol Latino

·24 de janeiro de 2024

San Lorenzo quita dívida que rendia ‘transfer ban’ ao clube

Imagem do artigo:San Lorenzo quita dívida que rendia ‘transfer ban’ ao clube

Por meio de comunicado emitido através de seus canais oficiais, o San Lorenzo afirma que quitou a dívida contida com o meio-campista colombiano Yeison Gordillo. O valor superior a 1,5 milhão de dólares (R$ 7,4 milhões, na atual cotação) é referente a vencimentos atrasados com o atleta. O nome em questão, atualmente, se encontra no Vélez Sarsfield.

Gordillo esteve no clube de Boedo entre fevereiro e 2021 e agosto de 2022. Antes dos problemas de recebimentos que concederam sua liberação do vínculo, ele realizou 31 partidas e marcou dois gols.


Vídeos OneFootball


Além da dívida ao atleta, o Ciclón também informou do pagamento referente a taxas destinadas a Fifa para a abertura do processo. Nesse caso, a quantia foi de US$ 34,5 mil (R$ 171,5 mil).

Desse modo, resta apenas a validação do órgão que rege o futebol no planeta para acabar com a punição imposta ao San Lorenzo, algo previsto para ocorrer entre esta quarta e a próxima sexta-feira (26). Neste momento, o clube de Boedo está impossibilitado de fazer qualquer inscrição de atleta em razão de ‘transfer ban’ imposto justamente pelo débito com o jogador cafetero.

Na atual janela de transferências, o San Lorenzo contratou sete nomes que, até então, ficaram impossibilitados de regularização para estrearem pelo Cuervo. São eles os zagueiros Nico Hernández e Jhojan Romaña, os meio-campistas Eric Remedi, Iván Tapia e Sebastián Blanco além dos atacantes Alexis Cuello e Cristian Tarragona.

Saiba mais sobre o veículo