Saídas, elenco enxuto e competitividade: entenda planejamento do Flamengo na temporada | OneFootball

Saídas, elenco enxuto e competitividade: entenda planejamento do Flamengo na temporada

Logo: Coluna do Fla

Coluna do Fla

Para a temporada de 2022, o clube carioca optou por acertar questões internas antes de ir ao mercado

Nos últimos anos, o Flamengo adotou uma postura de clube investidor e foi agressivo no mercado de contratações. Entretanto, para a temporada de 2022, o Rubro-Negro adotou cautela e, antes de fazer investimentos pesados, fez uma limpa no elenco. Elenco enxuto e competitividade são pilares do modelo de contratação adotado para este ano.

Ao todo, dez atletas deixaram o Flamengo neste período: Gabriel Batista e César (goleiros), Bruno Viana (zagueiro), João Lucas (lateral), Piris da Motta e Hugo Moura (volantes), Max (meia), além de Bill, Vitor Gabriel e Kenedy (atacantes). Com o alívio de quase R$ 30 milhões, o Rubro-Negro começa a olhar para o mercado.

Entretanto, o clube carioca procura reforços de ‘alto nível’ para o elenco, ou seja, atletas que cheguem para disputar a titularidade. Isso porque, a diretoria rubro-negra entende que é preciso uma dose de competitividade para não haver uma acomodação no elenco.

O mercado de transferências abriu última semana e se encerra somente na segunda quinzena de abril. No entanto, a janela da Europa se fecha no dia 31 de janeiro e, em meio a isso, o Flamengo pode aproveitar as oportunidades, visto que, a partir desta data, os olhos se voltam para a América do Sul.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo