Saiba quanto o Grêmio vai economizar com o pacotão de dispensas | OneFootball

Saiba quanto o Grêmio vai economizar com o pacotão de dispensas

Logo: Portal do Gremista

Portal do Gremista

Após confirmar a saída de uma dezena de jogadores nesta janela de transferências, o Grêmio calcula uma economia de até R$ 10 milhões até o final da temporada de 2022, valor que engloba salários que deixarão de ser pagos e valores embolsados com repasses e vendas. Até agora, o Tricolor já dispensou os seguintes atletas: Michel, Matheus Frizzo, Ricardinho, Phelipe Megiolaro, Bobsin, Martín Benítez, Rildo, Elias, Rodrigues e Emanuel.

Enquanto alguns jogadores desta lista rescindiram amigavelmente com o clube gaúcho — casos de Michel, Frizzo, Bobsin, Megiolaro, Benitez e Emanuel —, outros acabaram sendo envolvidos em empréstimos (Ricardinho, Rodrigues e Elias), ou até vendidos para o exterior — como no caso de Rildo. Nesse sentido, o exemplo do atacante que estava no Bahia é o mais simbólico: além de lucrar R$ 5 milhões com a sua venda para o Santa Clara, de Portugal, o Tricolor ainda deixará de pagar salários futuros aos jogador.

- Publicidade -

Além de Rildo, o volante Michel e o meia Benítez também representam um boa parcela da economia de R$ 10 milhões que o Grêmio terá até o final do ano. Com a saída de Michel, que teve o seu contrato rescindido e transferiu-se para o Operário, o Tricolor ganha um respiro financeiro total de R$ 800 mil, cerca de R$ 1,2 milhões a menos do que economizará com a dispensa de Benítez, que foi repassado ao América-MG.

Empréstimos dão fôlego aos cofres do Grêmio

Para completar, o Imortal ainda conseguiu arrecadar um importante valor com o repasse de jogadores como Elias e Rodrigues, que foram emprestados ao futebol dos Estados Unidos. No caso do zagueiro, que transferiu-se para o San José Earthquakes, da MLS, o clube gaúcho receberá R$ 2,6 milhões pela negociação, metade agora e o restante em janeiro.

Além disso, o Grêmio ainda não precisará arcar com os salários do jogador, que custavam cerca de R$ 210 mil mensais. Com isso, somente com o zagueiro, o Tricolor fará uma economia de cerca de R$ 2 milhões até o final de 2022, podendo receber ainda mais uma quantia de R$ 6,2 milhões caso o clube norte-americano resolva comprar o atleta.

Vale ressaltar que o Imortal sofreu uma queda brusca de R$ 120 milhões em receitas anuais com o rebaixamento para a Série B 2022. Por isso, o departamento de futebol gremista concentra as atenções para liberar mais jogadores, com o intuito de melhorar a situação financeira do clube.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo