Saiba quanto o Corinthians possui dos direitos econômicos de Adson, o novo xodó da Fiel

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcdn.meutimao.com.br%2F_upload%2Fnoticia%2F2021%2F05%2F27%2Fadson-fez-mais-uma-boa-partida-pelo-corinthians-hb941w.jpg&q=25&w=1080

Adson entrou alguns jogos com Mancini e chamou atenção da torcida. Mas foi diante de Huancayo, do Peru, e River Plate, do Paraguai, já com a dupla Fernando Lázaro e Mauro da Silva no banco de reservas, que o meia-atacante ganhou a boca do torcedor do Corinthians - conheça um outro lado do jovem no vídeo ao fim desta matéria.

E não foi por acaso. Contra os peruanos, uma linda assistência para Luan, que marcou um gol tão bonito quanto o passe recebido. E, diante dos paraguaios, a origem do gol de Mateus Vital, que só precisou completar o passe perfeito. Pronto. Isso bastou para o nome do jogador ser um dos mais comentados nas redes sociais entre os corinthianos.

Mas quem é Adson? Até quando tem contrato com o Corinthians? Como estão divididos seus direitos econômicos? A reportagem do Meu Timão foi em busca dessas informações e as respostas dão perspectivas de futuro ao clube.

Nascido em Araguapaz, interior do estado de Goiás, Adson foi captado pelo Corinthians ainda com idade de Sub-17, quando jogava num clube pequeno da cidade de Araguaia, do seu estado. Na ocasião, quem o trouxe ao Parque São Jorge foi o ex-atacante Roni, que o ofereceu ao ex-presidente Andrés Sanchez. O primeiro destaque no Parque São Jorge foi a Copinha de 2019, fazendo uma boa temporada com a equipe sub-20 do Corinthians.

A primeira chance de treinar na equipe profissional do Corinthians veio com a recente leva de jogadores da base que subiram com Vagner Mancini. O jovem vem ganhando espaço jogo após jogo, inclusive tomando a frente de outros atletas, como Gabriel Pereira e Vitinho.

Hoje com 20 anos, Adson tem vínculo com o Timão até 31 de dezembro de 2023. Segundo Carlos Nujud, ex-diretor da base, os direitos econômicos do jovem estão divididos entre Corinthians (70%) e o próprio jogador (30%).

E mais: olha a personalidade de Adson do Corinthians

Saiba mais sobre o veículo