‘#SAFSim’: Torcida do Vasco faz campanha por aprovação de venda e assunto aparece entre os mais comentados do Twitter | OneFootball

‘#SAFSim’: Torcida do Vasco faz campanha por aprovação de venda e assunto aparece entre os mais comentados do Twitter

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Em um dos dias mais importantes da sua história, o Vasco vai definir, neste domingo, o seu futuro. Em Assembleia Geral Extraordinária, os sócios vascaínos vão decidir sobre a venda, ou não, de 70% das ações da SAF do clube para a 777 Partners. E, no que depender dos torcedores nas redes sociais, a transferência do futebol do Gigante da Colina para a empresa americana seria aprovada com facilidade.

Logo após a abertura da votação, às 10h, parte da torcida do Vasco começou a se manifestar no Twitter pela aprovação da venda. A hashtag “#SAFSim” apareceu entre as mais comentadas na rede social. Muitos sócios que já votaram aproveitaram para compartilhar o “prints” com a comprovação da sua participação.

#SAFSim entre os assuntos mais comentados do Twitter (Reprodução)

Com AGE sendo realizada de forma híbrida, online e presencial, grande maioria dos sócios deve optar pelo voto virtual. Quem preferir fazer pessoalmente, deverá se dirigir para a Sede do Calabouço, na região central do Rio de Janeiro. A votação acontece até às 22h e o resultado deve ser antes da 0h.

O Vasco tem 6.385 sócios aptos a votarem na AGE deste domingo. Para a aprovação, é necessário maioria simples. Ou seja, 50% + 1. A expectativa, pela votação de abril, que definiu a mudança estatutário permitindo a criação da SAF, é de que a venda para a 777 Partners seja aprovada com certa folga. A modificação no Estatuto foi aprovada com 77% dos votos.

Caso seja aprovada a venda de 70% das ações da SAF, a 777 Partners já assume o futebol do Vasco a partir da próxima segunda-feira. O investimento de R$ 700 milhões será feito em até três anos, incluindo os R$ 70 milhões que foram emprestados ao clube após a assinatura do memorando de entendimento em fevereiro e a aprovação do Conselho Deliberativa. Além disso, a empresa americana vai assumir as dívidas do clube, com um limite de até R$ 700 milhões.

Veja algumas reações dos torcedores

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo