Robert Lewandowski deixa o Bayern de Munique após oito anos no clube | OneFootball

Robert Lewandowski deixa o Bayern de Munique após oito anos no clube

Logo: Fussball Brasil

Fussball Brasil

Desde 2013 no Gigante da Baviera, atacante polonês é anunciado oficialmente pelo Barcelona

No último sábado (16), a novela envolvendo a venda de

Robert Lewandowski

ao

Barcelona

recebeu seu desfecho. O

Bayern de Munique

, anunciou, no período da tarde, que o atacante teria um acordo verbal firmado com o clube catalão.

Contudo, para que tal situação fosse possível, semanas de negociações e discussões foram necessárias. O polonês expressou seu desejo de deixar a Baviera ainda nesta temporada, no entanto, os chefes do Bayern não cederam até que o Barcelona oferecesse, de fato, uma oferta considerada aceitável.

Ao término da temporada 2021/22 da Bundesliga, Robert Lewandowski confirmou seu desejo de deixar o Gigante da Baviera. O polonês disse, em entrevista coletiva, após o empate, por 2 a 2, contra o Wolfsburg que aquela poderia ter sido sua última partida com a camisa do clube bávaro.

“É muito possível que este tenha sido meu último jogo pelo Bayern. Não posso dizer isso em 100%, mas pode ter sido. Queremos encontrar a melhor solução para mim e para o clube.”

A declaração do jogador trouxe um alerta aos diretores do clube, que se prontificaram para oferecer um novo contrato ao camisa nove. Porém, segundo o diretor de esportes Hasan Salihamidzic, em entrevista à Sky Sports, Robert Lewandowski não se interessou pela renovação.

“Falei com Lewandowski. Nessa conversa ele me disse que não quer aceitar a nossa oferta de estender o seu contrato, e que gostaria de deixar o clube”.

Com as declarações concedidas em maio, ainda não havia um destino claro para o jogador. Clubes como Barcelona, Chelsea e Paris Saint Germain foram citados como possíveis interessados no atacante polonês.

Robert Lewandowski ultrapassa período conturbado e se junta ao Barcelona

No início de junho, Robert Lewandowski veio a público, novamente, para reafirmar seu desejo de deixar o Bayern e expressar sua vontade de se juntar ao Barcelona.

“A única coisa que eu quero é sair de Bayern. A lealdade e o respeito são mais importantes do que o trabalho. O melhor é encontrar uma solução em conjunto. Algo morreu em mim, quero deixar o Bayern para encontrar mais emoção na minha vida”, disse em entrevista ao canal polaco Onet Sport.

“Nenhuma outra oferta foi considerável para mim do que a feita pela Barcelona. afirmou. Eu quero deixar o Bayern de Munique. Está claro", acrescentou.

As declarações públicas do atacante, porém, contribuíram para que o ambiente do clube passasse por um período de conturbação. Apesar de ter o desejo claro de deixar o clube, os chefes do Bayern afirmavam que o jogador permaneceria até o fim de seu contrato, cuja validade datava 2023.

A fim de apaziguar a situação, Lewandowski retornou aos holofotes para deixar claro que ele e o clube não são inimigos e, que gostaria de conversar de forma restrita com os dirigentes para a resolução do problema.

“Informei o clube e disse publicamente que não quero renovar. Sei que ainda tenho mais um ano de contrato e pedi autorização ao clube para sair, acredito que é a melhor solução. Quero que as especulações acabem. Quero conversar calmamente com o Bayern e não através da imprensa. Sei que o conflito cria manchetes. Mas eu e o Bayern não somos inimigos" , disse em entrevista ao jornal Bild.

A vontade de Robert Lewandowski estava cada vez mais iminente e, com os indícios cedidos pelo jogador de atuar pelo Barcelona, o time catalão decidiu realizar suas primeiras investidas e abrir negociações com o Bayern de Munique.

O clube blaugrana realizou duas ofertas que não atingiram o valor esperado pelo Gigante da Baviera que, prontamente, recusou e posicionou as condições para que a negociação prosseguisse.

As duas primeiras ofertas foram avaliadas em 40 milhões de euros, contudo, o Bayern de Munique exigiu que o Barcelona desembolsasse, pelo menos, 50 milhões de euros.

A terceira oferta, porém, foi aceita pelo clube bávaro. Segundo o jornal espanhol El País, a negociação pode atingir o valor de 60 milhões de euros, visto que 5 milhões seriam por metas cumpridas e 10 milhões caso o jogador cumpra seu primeiro ano de contrato com o clube blaugrana.

Na tarde do sábado (16), o Bayern de Munique anunciou o acordo verbal via Twitter.

O anúncio oficial da contratação do jogador foi feito apenas na noite deste domingo (17), por meio da conta oficial do Twitter do Barcelona.

Robert Lewandowski abre o jogo sobre mudança para a La Liga

Com a transferência acertada, Robert Lewandowski concedeu entrevista ao jornal Bild. O jogador comentou sobre a complicação das últimas semanas.

“As últimas semanas têm sido difíceis. Não é fácil para mim encontrar as palavras certas. Tem muita coisa acontecendo na minha cabeça agora. Ultimamente tenho tentado ficar relaxado, aproveitar as férias com minha família.”

Além disso, o polonês disse que a transferência foi acertada rapidamente, o tempo estava curto, mas que está feliz em se juntar ao Barcelona.

"No final, tudo aconteceu muito rapidamente. Não havia muito tempo para pensar em nada. Agora estou feliz por encontrarmos uma solução. Estou feliz por poder voltar rapidamente aos gramados com o Barcelona. Para mim, este é o próximo passo na minha carreira."

Na sequência, o atacante voltou a comentar sobre como as coisas aconteceram rapidamente e, por esse motivo, não pôde fornecer uma despedida adequada a seus companheiros.

"Não havia tempo para uma despedida adequada. Tudo tinha que acontecer muito rápido e espontaneamente. Eu disse: 'Pessoal, muito obrigado. Tudo será concluído hoje. Fizemos história juntos, nunca esquecerei isso."

Robert Lewandowski também fez questão de explicar sua vontade de atuar pelo Barcelona.

“Eu queria atuar em outra liga além da Bundesliga. Eu estive pensando por muito tempo. Mas eu tenho que enfatizar que esta foi a decisão mais difícil da minha vida.”

O polonês atuou por oito anos vestindo a camisa do Gigante da Baviera. Dentro deste período, o atacante venceu a Bundesliga oito vezes, conquistou a Copa da Alemanha em três oportunidades e sagrou-se campeão da Liga dos Campeões na temporada 2019/20.

Individualmente, Robert Lewandowski se tornou o segundo maior artilheiro da história do clube bávaro com 344, atrás apenas do lendário Gerd Müller. Além disso, o jogador conquistou duas vezes o prêmio FIFA The Best. Lewandowski também conquistou o feito de jogador com mais gols em uma única edição do campeonato alemão, anotando 41 tentos na temporada 2020/21.

Em entrevista, o polonês falou sobre sua estadia em Munique.

"Foram oito anos maravilhosos aqui. Então espero que com alguma distância possamos esquecer o que aconteceu nas últimas semanas. Havia coisas desnecessárias, de ambos os lados. O mais importante é o que conseguimos juntos."

Lewandowski destacou seu período no Bayern de Munique e reconheceu que o fim do ciclo tivera complicações consideradas desnecessárias.

"Eu nunca vou esquecer isso. Foi um tempo maravilhoso, momentos maravilhosos. Eu conheço o negócio, eu sei o que foi dito e escrito. Muito foi desnecessário, muitos rumores falsos. Quero esquecer a semana passada em particular. Não deveria haver uma sombra sobre o meu tempo no Bayern.”

Em seu Instagram, o atacante polonês fez uma postagem agradecendo o apoio da torcida e de todos os membros do clube durante os oito anos que permaneceu na equipe.

“Gostaria de agradecer aos meus companheiros de equipe, funcionários, diretoria do clube e a todos que sempre me apoiaram e possibilitaram a ganharmos troféus pelo Bayern de Munique. Estou orgulhoso do que conseguimos juntos. Acima de tudo, gostaria de agradecer aos torcedores porque são vocês que fazem do Bayern o clube especial que é. Me sinto privilegiado por ter passado 8 anos maravilhosos com este clube e seus fãs e ele permanecerá em meu coração para sempre.”

Saiba mais sobre o veículo