Resumo da semana 12 da MLS: Times da parte de baixo surpreendem e Philadelphia Union retorna a liderança do Leste | OneFootball

Resumo da semana 12 da MLS: Times da parte de baixo surpreendem e Philadelphia Union retorna a liderança do Leste

Logo: Território MLS

Território MLS

Confira o compilado sobre o que mais importante aconteceu nos jogos da MLS realizados no último sábado (14)

Em rodada especial nesta quarta-feira (18), dez jogos movimentaram a Major League Soccer. As brigas na parte de cima e de baixo na tabela estão cada vez mais intensas. Nas pontas, Philadelphia Union, no Leste, e Austin FC, no Oeste, que já assumiram a liderança em outros momentos na temporada, retornaram para o topo. Já entre os últimos colocados, cinco entre os piores classificados jogaram e saíram de campo com resultados expressivos.

Embora não tenha sido tão brilhante como na última semana, 28 gols foram marcados em nove dos dez jogos realizados, garantindo uma média de quase três gols por partida. O principal destaque fica para o empate em 3 a 3 no jogo entre New York Red Bull e Chicago Fire.

(Reprodução: Twitter/ Leonard Owusu)

  1. Quer assistir UM MÊS DE MLS NA FAIXA? Assine AGORA mesmo o DAZN e tenha 30 dias grátis! Clique AQUI!

CF MONTRÉAL PERDE PARA O NASHVILLE SC E A LIDERANÇA DO LESTE

A liderança do CF Montréal no Leste, conquistada na última rodada, durou somente três dias. No Tennessee, a equipe não segurou o ímpeto do Nashville SC e perdeu por 2 a 1. Os gols marcados por Alex Muyl e Hany Mukhtar frustraram os canadenses, que além de perder a ponta, deu fim ao seu recorde de maior sequência de jogos sem derrota longe do Québec (cinco). Kei Kamara descontou para o bléu-blanc-noir.

O resultado foi importante para o Nashville SC, que após ter perdido na última rodada para o Houston Dynamo, retornou para a zona de classificação para a MLS Cup. Os Boys in Gold estão na sexta posição com 18 pontos somados.

PHILADELPHIA UNION NOVAMENTE NO TOPO

Quem roubou a vaga do CF Montréal, foi o Philadelphia Union, que também contou com o tropeço do New York Red Bulls, em casa, para voltar ao topo.

O empate sem gols contra o Inter Miami, no Subaru Park, apesar de não ter encerrado a sequência negativa de sete jogos sem vitórias, foi suficiente para a equipe chegar aos 21 pontos. O time da Pensilvânia está um ponto à frente de Montréal, Red Bulls, New York City e Orlando City, que já havia jogado anteriormente.

Já para o Inter Miami, o resultado não foi bom. A equipe está há quatro jogos sem vitória e se encontra distante da briga pelas primeiras posições. A franquia gerida por David Beckham está na modesta 11ª posição com 12 pontos somados.

FC DALLAS PERDE OPORTUNIDADE DE ASSUMIR O COMANDO DO OESTE

No lado Oeste, se o Austin FC pôde retomar a liderança, isso foi possível graças ao Vancouver Whitecaps. Último colocado da temporada regular, o time canadense sobressaiu sobre o FC Dallas, que era uma das sensações da liga. Paul Arriola, ainda no primeiro tempo, abriu o placar para os visitantes, mas Brian White e Lucas Cavallini, já nos acréscimos do segundo tempo, trataram de tirar as esperanças da franquia texana.

O resultado não foi suficiente para tirar o time da lanterna no Oeste, mas foi o necessário para afundar o Chicago Fire para a pior campanha da competição. Ambas possuem os mesmos 11 pontos, mas os Caps possuem uma vitória a mais (três). Para o Dallas, a derrota representou a chance de assumir a liderança isolada e permanece com 22 pontos e vê o rival do seu estado ultrapassar na tabela.

SPORTING KC SE RECUPERA DE GOLEADA E VENCE

Duramente derrotados pelo Portland Timbers na última rodada, o Sporting KC conseguiu abaixar o clima tenso que ronda o time do Missouri. Apesar de não ter feito grande jogo, o SKC saiu do gramado do Sporting Park com a vitória por 2 a 1. Daniel Sallói foi o salvador dos Wizards, marcando os dois gols. O lateral-esquerdo brasileiro Lucas Esteves marcou para os Rapids.

O jogo terminou com quatro expulsões, incluindo os autores dos gols, que protagonizaram lances de agressões. A primeira, aos 90′, o árbitro Dre Fischer aplicou o segundo cartão amarelo para Auston Trusty, do Colorado, em falta no meio-campo.

Aos 95′, o juiz marcou falta de Sallói em Nicolás Mezquida. O meia do time de Denver tentava cobrar falta rápida, mas o atacante do Sporting KC chutou o adversário para evitar. Ao ver o lance, Esteves reagiu, empurrando o atacante agressivamente, e gerou grande confusão. O lateral foi expulso instantaneamente por Fischer. No meio da confusão, Fontàs agrediu Diego Rubio e também foi para o chuveiro mais cedo.

Com o fim da confusão, o juiz retomou o jogo, mas logo foi chamado pelo VAR para analisar o chute de Sallói. Após verificar o lance, Dre Fischer, que havia apenas aplicado o cartão amarelo para o artilheiro da partida, aplicou o cartão vermelho e também foi expulso.

O resultado impediu que o Sporting KC terminasse a rodada na lanterna da competição. A equipe se encontra na 13ª posição do Oeste com 12 pontos. O Colorado Rapids é o sétimo com 15 pontos, mesma pontuação de Houston Dynamo, Minnesota United e Portland Timbers, mas vence nos critérios de desempate.

SAN JOSE VENCE PORTLAND TIMBERS E CONFIRMA REAÇÃO

No Avaya Stadium, o San Jose Earthquakes conseguiu um importante resultado diante de sua torcida. A equipe venceu o Portland Timbers por 3 a 2. Christian Paredes colocou o time de Oregon na frente, mas Jackson Yueil e Jamiro Monteiro colocaram o Quakes na frente. No começo do segundo tempo, Bill Tuloma deixou tudo igual, mas a estrela de Monteiro brilhou mais uma vez e deixou a franquia da Califórnia com a vitória.

Sem o técnico Matías Almeyda, a equipe se encontra invicta há quatro jogos sob os comandos de Alex Covelo, a maior sequência na temporada. São duas empates e duas vitórias, que garantiram a saída da lanterna da MLS e a classificação para as oitavas de final da US Open Cup. Com o resultado, a equipe chegou aos 13 pontos, há dois pontos do atual último classificado para os playoffs, Colorado Rapids.

Muito diferente da situação do San Jose, os Timbers seguem com campanha instável na competição e não consegue engatar uma sequência de vitórias, mesmo tendo saído de uma goleada na última rodada. A equipe estaciona na décima posição com 15 pontos em 13 partidas.

MAJOR LEAGUE SOCCER – SEMANA 12

Quarta-feira (18)

New York Red Bulls 3 × 3 Chicago Fire Philadelphia Union 0 × 0 Inter Miami Nashville SC 2 × 1 CF Montréal D.C. United 2 × 0 New York City Minnesota United 1 × 1 Los Angeles Galaxy Vancouver Whitecaps 2 × 1 FC Dallas Sporting KC 2 × 1 Colorado Rapids Houston Dynamo 0 × 1 Seattle Sounders San Jose Earthquakes 3 × 2 Portland Timbers LAFC 1 × 2 Austin FC

(Capa: Reprodução/ Twitter Leonard Owusu)

Saiba mais sobre o veículo