Resumo da Semana 11 da MLS: CF Montréal assume o Leste, derrota do Austin FC e Portland Timbers aplica maior goleada do ano | OneFootball

Resumo da Semana 11 da MLS: CF Montréal assume o Leste, derrota do Austin FC e Portland Timbers aplica maior goleada do ano

Logo: Território MLS

Território MLS

Confira o compilado sobre o que mais importante aconteceu nos jogos da MLS realizados no último sábado (14)

Encaminhando para o meio da temporada, a Major League Soccer está com seus cenários cada vez mais definidos e o equilíbrio do campeonato chama a atenção. No lado Leste, por exemplo, o CF Montréal assumiu a liderança, após sete semanas de hegemonia do Philadelphia Union. No lado Oeste, apesar do LAFC ainda estar na ponta, mesmo derrotado pelo Colorado Rapids, a disputa é acirrada com FC Dallas, LA Galaxy e Austin FC, que perdeu a chance de chegar ao topo nesta rodada.

A 11ª rodada foi a maior em gols marcados nesta temporada. Ao todo, 48 gols foram marcados através de todos os 14 jogos realizados durante este final de semana. Muito se deve ao jogo entre Portland Timbers e Sporting KC, em Oregon, onde aconteceu a maior goleada da liga em 2022.

(Reprodução: Twitter/ CF Montréal)

  1. Quer assistir UM MÊS DE MLS NA FAIXA? Assine AGORA mesmo o DAZN e tenha 30 dias grátis! Clique AQUI!

CF MONTRÉAL COMANDA O LESTE

Após um começo terrível de campeonato, o clube do Québec se encontrou espetacularmente. Desde que garantiu seu primeiro ponto no campeonato, no empate contra o Atlanta United, na Geórgia, em 19 de março, o bléu-blanc-noir não perdeu nenhum jogo. São oito jogos de invencibilidade: seis vitórias e dois empates, suficientes para garantir a liderança da Conferência Leste nesta rodada.

A vítima dessa vez foi o Charlotte FC, que mesmo realizando bom jogo em casa, não foi páreo para a nova sensação da liga. Em tarde inspirada dos goleiros, Djordje Mihailovic conseguiu abrir o placar aos 45′, após grande pressão dos visitantes, e Alistair Johnston apareceu para completar a festa, aos 66′.

O resultado deixa o time da Carolina do Norte deixa a equipe novamente fora da zona de classificação para os playoffs. Atualmente, o Charlotte se encontra na nona posição com 13 pontos, dois atrás do Atlanta United, sétimo colocado.

TALLES MAGNO MARCA E NEW YORK CITY FC VENCE MAIS UMA

Após o empate sem gols na última rodada contra o Sporting KC, os Pigeons retomaram o caminho da vitória contra o Columbus Crew. Com uma performance fulminante do ataque, dono de 21 finalizações, os nova-iorquinos não tiveram dificuldades em bater o rival por 2 a 0.

Aos 9′, o atacante brasileiro, Talles Magno abriu o marcador após receber passe de Santiago Rodríguez, cortar o marcador e mandar no canto do goleiro Eloy Room, que viu a bola morrer lentamente, no fundo do gol.

Mesmo com a vantagem, o time comandado por Ronny Deila prosseguiu no campo de ataque e oferecendo muito perigo a meta dos Crews, que não conseguiam chegar no gol adversária com a mesma eficiência.

Valentín ‘Taty’ Castellanos complementou o placar aos 57′. Keaton Parks roubou a bola no campo de defesa, passou para Maxi Morález, que lançou espetacularmente para o centroavante argentino. O artilheiro da última Major League Soccer ficou de cara com Room, dando um belo toque para cobrir o goleiro e sacramentar o resultado.

A vitória é mais um passo na retomada do New York City, que se recupera no campeonato após a eliminação na CONCACAF Champions League. O time se encontra agora na sexta posição do Leste com 17 pontos, possuindo um jogo a menos que a maioria de seus rivais. Já o Columbus Crew, segue inconstante no campeonato e se encontra fora da zona dos playoffs com 13.

DUELO DE OPOSTOS EM ILLINOIS

No Soldier Field, Chicago Fire e FC Cincinnati entraram em campo em situações totalmente opostas. Enquanto os visitantes buscavam sua quarta vitória consecutiva na liga e entrar de vez na briga da ponta, o time da casa queria dar fim a sua sequência de sete partidas sem vitórias, sendo seis destas pela MLS.

Diante de sua torcida, o Fire até tentou, mas a sorte não anda ao lado da equipe. Aos 33′, Rafael Czichos abriu o placar para o Cincinnati após cabecear pro próprio gol e encobrir Gabriel Slonina. Depois de 18 finalizações, chegou ao empate com o colombiano Jhon Durán, aos 83′, mas a celebração durou pouco. Dois minutos depois, Luciano Acosta deu número finais e garantiu os três pontos para o Orange-and-Blue.

O time de Ohio sai de campo com sua sexta vitória no campeonato e saltou para a quarta posição com 19 pontos, apenas um ponto atrás do CF Montréal, porém com 12 jogos. Situação totalmente adversa do Chicago Fire, que amarga a última posição da Conferência Leste com dez pontos e vê a pressão por resultados, que já era grande, aumentar.

  1. Veja também: Revista TMLS – Guia da Temporada 2022 da MLS

AUSTIN FC PERDE PARA REAL SALT LAKE

No lado Oeste, o Austin FC perdeu sua terceira partida na temporada e mais uma vez, deixa escapar a chance de assumir a ponta da Conferência. Em Utah, a equipe não conseguiu superar o Real Salt Lake, sido derrotada por 2 a 1.

A equipe até saiu na frente com Alexander Ring, aos 24′, aproveitando os espaços da marcação dos Monarcas. Entretanto, o panorama do jogo mudou após o volante venezuelano Daniel Pereira ser expulso no começo do segundo tempo.

Com um jogador a menos, os comandados de Josh Wolff foram engolidos pelo Salt Lake, empurrados pelos mais de 20 mil torcedores presente. Maikel Chang, aos 55′, e Andrew Brody, em gol monumental, aos 88′, foram os carrascos dos visitantes.

Com 20 pontos, o Austin agora ocupa a terceira colocação, sido ultrapassados pelo FC Dallas. Um ponto atrás, está o Real Salt Lake em quinto lugar com 12 partidas disputadas.

HOUSTON DYNAMO VOLTA A VENCER

A outra força do Texas, o Houston Dynamo recebeu o Nashville SC precisando da vitória para retornar a zona de classificação para os playoffs. Em jogo sem muitas emoções, a equipe comandada pelo brasileiro Paulo Nagamura saiu de campo com o placar de 2 a 0 sobre a franquia do Tennessee.

Adalberto Carrasquilla abriu o placar aos 16′, mas o que parecia ser um jogo controlado para o time da casa, acabou se tornando um verdadeiro problema. Assim como no jogo do Verde, o Dynamo também perdeu um jogador e teve que jogar boa parte do duelo com dez jogadores. Ainda na primeira etapa, Adam Ludqvist levou cartão vermelho direto por um carrinho perigoso no meio-de-campo, que acertou Alex Muyl.

Com um jogador a mais, o Nashville se arriscou no ataque, mas faltou inspiração. Somente duas finalizações da equipe foram em direção ao gol defendido por Steve Clark. Diferente do Houston, que mesmo com um a menos, jogou de maneira eficiente e alcançou o segundo gol através de um pênalti sofrido por Fafà Picault e convertido por Carlos Quintero, aos 53′.

O Houston voltou a vencer após quatro jogos na MLS e agora ocupa a sexta posição do Oeste com os mesmos 15 pontos do rival, em oitavo, mas fica na frente pelo saldo de gols (1 gol a favor contra 1 gol adverso).

EMPATE EM VANCOUVER

Em jogo entre desesperados, Vancouver Whitecaps e San José Earthquakes mediram forças no BC Place. Em jogo emocionante, Lucas Cavallini abriu o placar para os donos da casa, aos 52′. Dez minutos depois, Jamiro Monteiro empatou o jogo.

A virada do time da Califórnia veio com o artilheiro da equipe, Jeremy Ebobissé, aos 73′. No entanto, a comemoração durou pouco, já que dois minutos depois, Ryan Raposo igualou o marcador mais uma vez.

Ebobissé adicionou mais emoção ao marcar seu segundo gol, o terceiro do Quakes na partida, aos 83′. Quando a vitória parecia garantida, Erik Godoy completou o escanteio com chute colocado no contrapé de Marcinkowski para empatar e dar números finais.

O resultado não foi bom para nenhuma das duas equipes, que permanecem na parte de baixo da Conferência Oeste. O San José é o 12º colocado com 10 pontos enquanto o Caps ocupa a última posição com apenas 8 pontos. A equipe canadense ainda possui um jogo a menos que o rival.

PORTLAND TIMBERS APLICA A MAIOR GOLEADA DA TEMPORADA

Em Oregon, Portland Timbers e Sporting KC fizeram duelo direto na parte inferior do lado Oeste. O jogo surpreendeu pelo placar elástico para os Timbers, que aplicou um sonoro 7 a 2 em cima dos visitantes. Os destaques da partida foram o jovem brasileiro Nathan Fogaça, estreante da partida, e o craque argentino Sebastian Blanco, autores de dois gols cada.

Apesar da abundância de gols, apenas o primeiro foi durante o primeiro tempo. Aos 12′, Eryk Williamsom cobrou falta na lateral direta com perfeição para Bill Tuloima cabecear e mandar a bola para o fundo das redes do Tim Melia.

Na etapa final, o Sporting Kansas City só marcou com Johny Russell, aos 57′, quando o estrago já tava feito. Blanco, em dois belos gols, e Fogaça ampliaram, aos 46′, 52′ e 56′, respectivamente, antes do tento do time do Missouri.

O brasileiro ex-Coritiba marcou o quinto, aos 69′, Marinos Tzionis descontou aos 75′, em lance que originou a expulsão de José Van Rankin. Marvin Loría e Santiago Moreno decretaram o caixão adversário, que ainda viu Robert Voloder ser expulso.

O Portland Timbers encerra a rodada na nona posição com 12 pontos somados. Já o Sporting KC, é apenas o 13º com 9 pontos.

Major League Soccer — Semana 11

Sábado (14) Toronto FC 0 × 1 Orlando City Colorado Rapids 2 × 0 LAFC Charlotte FC 0 × 2 CF Montréal Chicago Fire 1 × 2 FC Cincinnati New York City FC 2 × 0 Columbus Crew Philadelphia Union 1 × 1 New York Red Bulls Vancouver Whitecaps 3 × 3 San Jose Earthquakes Inter Miami 2 × 2 D.C. United Houston Dynamo 2 x 0 Nashville SC Real Salt Lake 2 × 1 Austin FC Portland Timbers 7 × 2 Sporting KC LA Galaxy 1 × 3 FC Dallas

Saiba mais sobre o veículo