Renyer marca dois e Santos vence o Internacional no Brasileiro Sub-20 | OneFootball

Renyer marca dois e Santos vence o Internacional no Brasileiro Sub-20

Logo: Diário do Peixe

Diário do Peixe

Ivonei, Renyer e Zabala comemoram gol do Santos contra o Internacional (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

Com dois gols do atacante Renyer, o Santos venceu  o Internacional por 3 a 0 na tarde deste sábado, no CT Rei Pelé,  em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da categoria. O zagueiro Derick anotou o outro gol santista no confronto.

O Peixe volta a campo já nesta quarta-feira (6), para a primeira rodada da segunda fase do Campeonato Paulista Sub-20. Às 15 horas, os Meninos da Vila enfrentam fora de casa o São José, no Estádio Municipal Martins Pereira, em São José dos Campos (SP).

Pela competição nacional, o próximo compromisso da equipe Sub-20 do Santos FC é também fora de casa, mas contra o Atlético (GO), no CT do Dragão, em Goiânia (GO). A partida válida pela quinta rodada do grupo B está marcada para as dez horas da manhã do domingo (10).

O jogo

Aos dez minutos, o Peixe chegou pela primeira vez com perigo ao gol adversário. Deivid recebeu lançamento pela direita do campo ofensivo e partiu em velocidade na direção da área. Ao entrar nela, mesmo pressionado pela marcação, ele finalizou cruzado e acertou a rede pelo lado de fora

No minuto seguinte, Kevyson tabelou com Renyer pela esquerda do ataque. Ao receber a devolução, o camisa 9 finalizou cruzado e mandou a bola para fora, à direita da meta. Pouco depois, Ivonei recebeu na entrada da área e arriscou finalização colocada no canto direito. A bola, no entanto, parou em defesa segura do goleiro adversário.

A pressão santista continuou e aos 14 minutos, Weslley Patati invadiu a área pela direita para arriscar finalização cruzada. A bola, mais uma vez, parou em defesa de João Vitor, que espalmou para a defesa afastar o perigo na sequência.

Já com 28 minutos, o Peixe chegou com perigo pela direita após descida de Renyer em velocidade. O camisa 9 invadiu a área fintando seus marcadores e cruzou na segunda trave, para Weslley Patati. De primeira, o camisa 7 passou para o meio da pequena área, encontrando Deivid. No meio da confusão com os marcadores, o camisa 11 tentou finalizar, mas foi travado.

E foi aos 34 minutos de jogo que o Santos FC abriu o placar no CT Rei Pelé. Ivonei teve escanteio para cobrar pela esquerda e cruzou a bola com precisão na cabeça de Derick. O camisa 2 mostrou sua impulsão e subiu mais que a defesa adversária para escorar a bola para o fundo das redes do canto esquerdo.

Já aos 44, o Peixe ameaçou a meta do Internacional com um belo voleio de Ivonei. O camisa 10 recebeu cruzamento da esquerda, do lateral Kevyson, e não esperou a bola cair para finalizar. A batida com força parou em boa defesa de João Vitor, à queima roupa.

A primeira chegada perigosa do Peixe na segunda etapa aconteceu aos oito minutos. Weslley Patati recebeu pela direita e fintou seu marcador antes de passar para Matheus Nunes, dentro da grande área. Com o calcanhar, o camisa 8 deixou para Ivonei chegar chutando, mas, com muita força, a bola saiu sobre o travessão.

Dez minutos depois o Santos chegou mais uma vez ao ataque, agora pela esquerda e com Ivonei. O camisa 10 recebeu a bola na grande área e arriscou finalização no canto esquerdo, mas parou em defesa de João Vitor, que desviou em escanteio.

Pouco depois, aos 22, Renyer tabelou com Ivonei pela esquerda e ao chegar na entrada da área passou para Matheus Nunes, que chegava de trás. Na tentativa de finalização do camisa 8, a bola subiu demais e passou por cima da meta.

No minuto seguinte, o Peixe sofreu falta na intermediária e, mesmo de longe, Ivonei arriscou para o gol. Com muita força, a batida colocada ia ganhando a direção do ângulo esquerdo, mas foi bloqueada em defesa espetacular do goleiro colorado.

Já aos 33, Nycollas Lopo recebeu cruzamento de Diogo Correia pela direita da grande área e tabelou com Hyan para finalizar em gol. O chute de Nykão foi boqueado pelo goleiro do Internacional, mas no rebote a bola sobrou no alto para Diogo cabecear e fazer a bola acertar a junção da trave esquerda com o travessão.

O segundo gol do Peixe saiu aos 39 minutos da etapa final, dos pés de Renyer. Ele recebeu a bola pelo meio de campo e saiu em disparada na direção da grande área. Ao invadí-la pela esquerda, o camisa 9 bateu cruzado na saída do goleiro e acertou a bola no canto inferior direito, ampliando a vantagem santista.

Com 42 minutos, Renyer marcou mais uma vez, dessa vez com um golaço de fora da área, para fazer 3 a 0 para o Santos FC. Ele recebeu passe pelo meio e da entrada da área, bateu colocado no ângulo esquerdo, sem chances de defesa ao goleiro.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo