Reinaldo falou sobre Nacho, as cobranças em cima de Cuca e o momento do Atlético

Logo: Deus me Dibre

Deus me Dibre

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fdeusmedibre.com.br%2Fdeusmedibre%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F04%2Freinaldoatleticoraci.jpeg&q=25&w=1080

FOTO: REPRODUÇÃO/YOUTUBE TV GALO

Em entrevista, ao canal do youtube Breno Galante, o ex-atacante Reinaldo, o maior artilheiro da história do Atlético, falou sobre o momento do clube, sobre Nacho Fernández e as cobranças em cima de Cuca.

Reinaldo encara com normalidade o momento que passa o Atlético, demonstra confiança em Cuca e aproveitou para enaltecer as qualidades do treinador alvinegro.

Eu estava gostando muito do Atlético com Sampaoli, depois teve aqueles desequilíbrios, o que é normal. Agora chegou o Cuca. Um treinador que inicial tem algumas dificuldades , como qualquer um que começa um trabalho. Mas o Cuca tem muitas qualidades. Ele conhece o jogador que está em forma, ele sabe escalar bem. O Cuca é um grande treinador, foi campeão aqui com a gente. Eu acho que ele com tempo, ficando mais a vontade, vai fazer um time mais articulado que chega ao gol com mais facilidade.

O ex-atacante fez questão de citar as diferenças de esquemas implantados por Sampaoli e Cuca no Atlético, para justificar as dificuldades que o time vem passando.

A gente estava acostumado com um jogo mais sistemático. A gente já ia preparado para ver aquele jogo do Sampaoli, que era um jogo mais agressivo, muito ofensivo, muito intenso. Mas, era um jogo um pouco suicida também. O que era um jogo interessante para o Galo, aquele jogo vibrante, que o time está ali pegando o tempo todo. Eu estava gostando muito do Sampaoli. E agora, a gente vê um time ainda com dificuldades, não tão articulado, um pouco mais lento, dando um pouco mais espaço para o adversário. O que é também, uma outra maneira de jogar futebol. Eu acho que o Sampaoli sufocava demais o adversário, e oferecia muito o contra-ataque. O Cuca talvez, ele possa atrair mais os adversários, trazer essa ilusão ao adversário que ele está jogando, e abrir mais espaços, para que o Atlético possa ser um time mais inspirado, e mais objetivo também.

Em relação a pressão e as cobranças que Cuca vem reclamando sofrer, Reinaldo encara como algo normal dentro do futebol.

O Cuca ele é sensível. Gente boa. Um cara mais sensível. Mas, cobrança da imprensa, da torcida, sempre tem. Ele não consegue agradar a todo mundo. E as cobranças, as vezes, são muito justas também. O Cuca está ainda querendo encontrar o jogador, querendo encontrar o jeito de jogar. E a torcida já quer que os jogadores respondam. Só que, por enquanto, não estão. Talvez, por um problema mesmo tático, por causa do Cuca, que ainda não esclareceu bem a maneira de jogar, ou mesmo a parte dos jogadores, se estão bem fisicamente, tecnicamente. Mas, o Cuca ainda vai encontrar esse time. Ele vai formar um time que vai agradar. Por enquanto, ele está tentando um aqui, outro ali. Talvez, não conheça todos os jogadores, e vai ter cobrança. Ganhou, ele pode ter escalado mal, jogado mal que está tudo certo. Agora perdeu, aí tem cobrança.

Questionado sobre o que tem achado do futebol de Nacho Fernández, Reinaldo não poupou elogios ao argentino.

Eu gostei muito do Nacho. Eu não tinha visto muito de perto o Nacho não, tinha visto alguns lances dele. Agora, assistindo esses jogos que ele fez, eu gostei muito. Eu gosto muito da movimentação dele. Ele flui bem, movimenta bem no campo. Eu acho até que ele deve guarda mais a posição. Ele está querendo ter muita participação, e aí acaba tendo um desgaste maior. Se ele ocupasse aquela faixa que ele gosta, de meia, o Nacho é um grande jogador. Além de ter uma intensidade no jogo, de ter habilidade, ter velocidade chega bem na área, bate bem na bola. Ele reúne a qualidade de um grande jogador. Ele com um time bem encaixado, ele vai jogar mais do que isso que ele está jogando. Ele ainda está gastando muita energia fora da posição dele. Na hora que ele ocupar mesmo, a posição dele, ele vai jogar muita bola e vai dar muita alegria para nós atleticanos.