Ratcliffe quer que United rivalize com Liverpool e City “em três anos” | OneFootball

Ratcliffe quer que United rivalize com Liverpool e City “em três anos” | OneFootball

Icon: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

·21 de fevereiro de 2024

Ratcliffe quer que United rivalize com Liverpool e City “em três anos”

Imagem do artigo:Ratcliffe quer que United rivalize com Liverpool e City “em três anos”

Jim Ratcliffe, novo coproprietário do Manchester United, manifestou nesta quarta-feira o desejo de ver seu time novamente no topo do futebol inglês e disse que espera rivalizar com Manchester City e Liverpool “daqui a três anos”.

“Temos muito o que aprender com o nosso vizinho barulhento e com o outro vizinho”, embora, “no final, eles sejam nossos inimigos”, declarou Ratcliffe à imprensa, um dia após sua entrada oficial no capital do clube.


Vídeos OneFootball


“Não há nada que eu gostaria mais de fazer do que derrubar os dois de seus pedestais”, disse o bilionário britânico, recorrendo a fórmulas utilizadas no passado por Alex Ferguson, treinador emblemático dos Red Devils de 1986 a 2013.

O escocês confessou que seu maior desafio era “derrubar o Liverpool do pedestal” e depois descreveu o Manchester City como seus “vizinhos barulhentos” pouco antes de passarem para o comando dos proprietários dos Emirados Árabes, em 2008.

O Manchester United, clube com mais títulos do Campeonato Inglês, vive um declínio esportivo desde a aposentadoria de Ferguson. Por outro lado, o City mantém o domínio da Premier League, conquistando cinco títulos nas últimas seis temporadas, com o Liverpool como principal concorrente.

“Eles estão em uma boa posição há algum tempo e temos coisas a aprender. Eles têm organizações sensatas, ótimas pessoas, um ambiente de trabalho bom, motivado e de elite”, descreveu Ratcliffe.

O Manchester United contratou Omar Berrada, do City, para se tornar presidente do clube e convenceu Dan Ashworth a deixar o Newcastle para se tornar o futuro diretor esportivo.

No futebol, “as mudanças não se fazem da noite para o dia”, alertou Ratcliffe, que pediu paciência aos torcedores. “Não é um plano de dez anos”, disse ele. “Os torcedores ficariam impacientes se fosse um plano de 10 anos. Mas é certamente um plano de três anos para alcançá-lo”.

O empresário de 71 anos, fundador do grupo petroquímico Ineos, detém 27,7% do capital do Manchester United, segundo informação publicada nesta terça-feira pelo clube.

O acordo concluído com a família Glazer, acionista majoritária, atribui o controle da parcela desportiva a Ratcliffe.

Este navegador não é compatível. Use um navegador diferente ou instale o aplicativo

video-poster
Saiba mais sobre o veículo