Rafinha projeta conquistas pelo São Paulo: ʽPara ficar marcado, tem que ganhar títulosʼ | OneFootball

Rafinha projeta conquistas pelo São Paulo: ʽPara ficar marcado, tem que ganhar títulosʼ

Logo: Jogada10

Jogada10

O São Paulo apresentou seu primeiro reforço para 2022 nesta segunda-feira (17). O lateral-direito Rafinha vestiu a camisa 13, número cedido pelo volante Luan. Ele chega para ser um dos líderes dentro das quatro linhas. O jogador quer ter um efeito sobre os garotos de Cotia dentro e fora de campo.

Novo reforço na área. Rafinha foi apresentado pelo São Paulo – Reprodução

“Sou jogador experiente, estou há muito tempo na estrada. A gente chega num grande clube, do qual sou torcedor, com intenção de ajudar. Por onde passei, fiz grandes trabalhos. Tem muitos jovens no São Paulo. A gente chega para ajudar, motivar. Encorajar nos momentos difíceis, ajudar dentro e fora de campo”, disse o lateral.

Rafinha vai vestir a camisa 13, que o acompanhou durante boa parte da carreira. Para usar o número preferido, o jogador teve que conversar com o volante Luan sobre a troca na numeração.

“Conversei com o Luan. É um garoto com futuro maravilhoso pela frente, um menino de muita qualidade. Torcedor tem muita identificação e gosta da camisa 13, mas gentilmente me passou a camisa 13. Sou supersticioso demais e gosto muito. Conversei com os outros laterais e trocar ideia, no que puder ajuda, ajudarei. Espero que a gente possa fazer um grande ano aqui”, falou Rafinha.

O lateral-direito finalizou a coletiva falando das expectativas para 2022. Vencedor em toda a sua carreira, Rafinha acredita que começar o ano conquistando o Paulistão ajudará o São Paulo no decorrer da temporada e garante que nunca teve uma lesão séria que poderia comprometer.

“Torcedor pode esperar o Rafinha de sempre. Sempre me entreguei, me cobro muito, entrego 100%, o torcedor me conhece jogando contra. Vou honrar a camisa da melhor forma. O que eu ganhei ficou pra trás, quero ganhar títulos com o São Paulo. Nunca tive lesão, estou bem fisicamente. Para mim pode ser o Paulista, pois nunca conquistei. Esse título não tenho. Nos últimos dez anos, sempre conquistei títulos. Minha carreira é vitoriosa, espero que no São Paulo seja a mesma coisa. Pra ficar marcado, tem que ganhar títulos. Quero que isso aconteça nessa temporada, inclusive nesse primeiro campeonato”, finalizou o atleta.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo