🇧🇷 Quem é o brasileiro que manteve o Milan vivo na Champions 🏆 | OneFootball

🇧🇷 Quem é o brasileiro que manteve o Milan vivo na Champions 🏆

Logo: OneFootball

OneFootball

OneFootball

Dos campos de várzea na quinta divisão na Itália, para um gol decisivo na Champions League. Tudo isso em apenas cinco anos.

Essa é a história de Junior Messias, o meia-atacante do Milan que virou um improvável herói no 1 x 0 contra o Atlético de Madrid, nesta quarta-feira (24), pela UCL.

O gol do brasileiro – o primeiro dele na Champions e com a camisa do time de Milão – manteve os italianos vivos na briga pela classificação no Grupo B.

Para chegar às oitavas, o Milan precisa vencer o Liverpool no San Siro e contar com um empate ou uma vitória do Atlético de Madrid sobre o Porto, em Portugal.

🔥 De pagador de boletos à UCL

Contratado no início da temporada pelo Milan, o Junior lutou contra problemas físicos e fez apenas seu terceiro pela equipe rossonera.

Se ganhou as manchetes no mundo todo nesta quarta, sua trajetória no futebol, no entanto, é um pouco diferente do que estamos acostumados a escutar.

Apesar de ser brasileiro, Junior nunca atuou no país, nem em categorias de base, muito menos no profissional.

Sem ter chances no Brasil, o meia-atacante se mudou, há dez anos, para a Itália, com seu irmão, em busca de oportunidades no futebol.

Só que Junior demorou cinco anos para conseguir a documentação para poder jogar no país.

Para conseguir pagar os boletos nesse período, o meia-atacante trabalhou como entregador de uma loja de eletrodomésticos.

Mas, a partir de quando conseguiu se regularizar para jogar na Itália, Junior começou uma jornada de “degrau em degrau”, como ele mesmo já definiu em entrevistas.

Até chegar ao Crotone em 2019, na Série B, onde subiu para a Série A e acabou contratado pelo Milan, o meia-atacante passou por equipes pequenas de divisões inferiores da Itália.

Para se ter uma ideia, na temporada 2015/16, Junior disputava a quinta divisão do futebol italiano, pelo modesto Casale.

E a aposta do clube valeu a pena. Com 21 gols, o meia-atacante foi um dos principais nomes do time no acesso à Serie D.

O bom desempenho do brasileiro o levou, então, ao Calcio Chieri, time que já disputava a quarta divisão.

As duas temporadas por lá renderam uma chance para jogar a Serie B italiana, mas problemas com a documentação o impediram de ser inscrito pelo Pro Verceli.

Junior, então, passou cinco meses apenas treinando antes de decidir voltar à Serie D, para defender o Gozzano, onde contribuiu diretamente para a promoção do time à Serie C.

As boas atuação, então, fizeram o jogador voltar a ser cotado na Serie B.

Em janeiro de 2019, o Crotone fechou a compra do jogador, que conseguiu, enfim, ser inscrito para disputar a segunda divisão, participando do acesso à primeira divisão italiana.

🤝 Contratação fechada no último dia

Para esta temporada, o Milan abriu os cofres para se reforçar e acabou fechando com Junior no último dia da janela do verão europeu.

O clube de Milão pagou ao Crotone 2,6 milhões de euros pelo empréstimo do brasileiro e acertou uma cláusula de compra de 6,4 milhões de euros caso queira contratá-lo em definitivo.

E aí, será que depois desse gol na Champions os rossoneri vão querer que Junior fique em Milão?


Foto de destaque: Marco Luzzani/Getty Images