Quais foram os artilheiros do seu time nos últimos Brasileirões?

Logo: OneFootball

OneFootball

OneFootball

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F02%2Fimago0008266776h-1000x722.jpg&q=25&w=1080

É fácil saber quem foi o artilheiro do seu time no Brasileirão encerrado na última quinta (25).

Mas quem foi o artilheiro do seu time no Campeonato Brasileiro do ano passado?

Os torcedores de alguns times podem ter certa dificuldade para lembrar.

Por isso, o OneFootball mostra quem foram os goleadores dos principais da Série A de 2010 até 2020.

O ainda menino Ney foi o goleador do Santos entre 2010 e 2012, por exemplo.


Brasileirão 2020

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=721&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F02%2F2020-Brasileirao-Series-A-Botafogo-v-Red-Bull-Bragantino-Play-Behind-Closed-Doors-Amidst-the-Coronavirus-COVID-19-Pandemic-1614316121.jpg&q=25&w=1080

Red Bull Bragantino – Claudinho – 18 gols
São Paulo – Luciano – 18 gols
Internacional – Thiago Galhardo – 17 gols
Santos – Marinho – 17 gols
Flamengo – Gabigol – 14 gols
Vasco – Cano – 14 gols
Ceará – Vina – 13 gols
Grêmio – Diego Souza – 13 gols
Athletico-PR – Renato Kayzer – 11 gols
Palmeiras – Raphael Veiga – 11 gols
Atlético-MG – Keno – 10 gols
Botafogo – Matheus Babi – 10 gols
Goiás – Fernandão – 10 gols
Bahia – Gilberto – 9 gols
Fortaleza – Wellington Paulista – 9 gols
Coritiba – Robson – 8 gols
Fluminense – Nenê – 8 gols
Corinthians – Jô – 6 gols
Sport – Iago Maidana e Thiago Neves – 6 gols
Atlético-GO – Jean – 5 gols


Brasileirão 2019

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=721&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F02%2FFlamengo-v-Avai-Brasileirao-Series-A-2019-1614315033.jpg&q=25&w=1080

Flamengo – Gabigol – 25 gols
Bahia – Gilberto – 14 gols
Santos – Eduardo Sasha – 14 gols
Chapecoense – Everaldo – 13 gols
Fortaleza – Wellington Paulista – 13 gols
Ceará – Thiago Galhardo – 12 gols
Grêmio – Everton  – 11 gols
Internacional – Guerrero – 10 gols
Palmeiras – Bruno Henrique – 10 gols
Athletico – Marcelo Cirino – 9 gols
Goiás – Michel e Rafael Moura – 9 gols
Botafogo – Diego Souza – 7 gols
Corinthians – Boselli – 7 gols
CSA – Ricardo Bueno – 7 gols
Atlético-MG – Cazares – 6 gols
Cruzeiro – Thiago Neves – 6 gols
Fluminense – Yony González – 6 gols
São Paulo – Vitor Bueno – 6 gols
Avaí – João Paulo – 5 gols
Vasco – Yago Pikachu – 5 gols

Brasileirão 2018

Santos – Gabigol – 18 gols
Atlético-MG – Ricardo Oliveira – 13 gols
Athletico – Pablo – 12 gols
São Paulo – Diego Souza – 12 gols
Chapecoense – Leandro Pereira – 11 gols
Internacional – Nico López – 11 gols
Flamengo – Paquetá – 10 gols
Fluminense – Pedro – 10 gols
Grêmio – Everton – 10 gols
Palmeiras – Willian – 10 gols
Vasco – Pikachu – 10 gols
Bahia – Gilberto – 8 gols
América-MG – Rafael Moura – 7 gols
Botafogo – Kieza – 7 gols
Ceará – Arthur Cabral – 7 gols
Vitória – Neilton – 7 gols
Corinthians – Ángel Romero – 6 gols
Cruzeiro – Arrascaeta – 6 gols
Sport – Gabriel – 5 gols
Paraná – Alex Santana – 4 gols

Brasileirão 2017

Corinthians – Jô – 18 gols
Fluminense – Henrique Dourado – 18 gols
Sport – André – 16 gols
Ponte Preta – Lucca – 13 gols
Atlético-MG – Fred – 12 gols
Bahia – Edgar Junio – 12 gols
Cruzeiro – Thiago Neves – 11 gols
Botafogo – Roger – 10 gols
Flamengo – Diego – 10 gols
Vitória – Tréllez – 10 gols
Atlético-GO – Luiz Fernando – 9 gols
Avaí – Junior Dutra – 9 gols
Chapecoense – Wellington Paulista – 9 gols
Grêmio – Fernandinho – 9 gols
Palmeiras – Dudu – 9 gols
São Paulo – Hernanes – 9 gols
Santos – Bruno Henrique e Ricardo Oliveira – 8 gols
Coritiba – Henrique Almeida – 7 gols
Athletico – Sidcley – 6 gols
Ponte Preta – Danilo Barcelos – 6 gols
Vasco – Luis Fabiano – 5 gols

Brasileirão 2016

Ponte Preta – Willian Pottker – 14 gols
Sport – Diego Souza – 14 gols
Santa Cruz – Grafite – 13 gols
Atlético-MG – Fred – 12 gols
Botafogo – Sassá – 12 gols
Palmeiras – Gabriel Jesus – 12 gols
Vitória – Marinho – 12 gols
Santos – Ricardo Oliveira – 11 gols
Chapecoense – Bruno Rangel – 10 gols
Athletico – Pablo – 9 gols
Coritiba – Kleber – 9 gols
Cruzeiro – Arrascaeta – 9 gols
Flamengo – Guerrero – 9 gols
Fluminense – Cícero – 9 gols
São Paulo – Andrés Chávez – 9 gols
Figueirense – Rafael Moura – 8 gols
Internacional – Vitinho – 8 gols
Corinthians – Guilherme e Marlone – 6 gols
Grêmio – Luan – 6 gols
América-MG – Danilo Barcelos – 4 gols

Brasileirão 2015

Santos – Ricardo Oliveira – 20 gols
Corintians – Vagner Love – 14 gols
Sport – André – 14 gols
Atlético-MG – Lucas Pratto – 13 gols
Coritiba – Henrique Almeida – 12 gols
Internacional – Vitinho – 11 gols
Avaí – André Lima – 10 gols
Goiás – Erick – 10 gols
Grêmio – Luan – 10 gols
Palmeiras – Dudu – 10 gols
São Paulo – Pato – 10 gols
Athletico-PR – Walter – 9 gols
Fluminense – Fred – 9 gols
Chapecoense – Bruno Rangel – 8 gols
Vasco – Nenê – 8 gols
Cruzeiro – Willian Bigode – 7 gols
Figueirense – Clayton – 7 gols
Flamengo – Alan Patrick – 7 gols
Ponte Preta – Biro Biro – 7 gols
Joinville – Kempes – 6 gols

Brasileirão 2014

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=721&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F02%2FFluminense-v-Atletico-PR-Brasileirao-Series-A-2014-1614315297.jpg&q=25&w=1080

Fluminense – Fred – 18 gols
Palmeiras – Henrique Dourado – 16 gols
Cruzeiro – Marcelo Moreno e Ricardo Goulart – 15 gola
Grêmio – Barcos – 14 gols
Corinthians – Guerrero – 12 gols
Goiás – Erik – 12 gols
Atlético-MG – Diego Tardelli – 10 gols
Chapecoense – Leandro Pereira – 10 gols
Athletico – Cléo – 9 gols
São Paulo – Alan Kardec e Pato – 9 gols
Coritiba – Joel – 8 gols
Flamengo – Eduardo da Silva – 8 gols
Internacional – Rafael Moura – 8 gols
Santos – Gabigol – 8 gols
Vitória – Dinei – 8 gols
Sport – Patric – 7 gols
Bahia – Kieza – 6 gols
Botafogo – Sheik e Zeballos – 6 gols
Figueirense – Everaldo – 6 gols
Criciúma – Lucca e Rodrigo Souza – 5 gols

Brasileirão – 2013

Athletico – Éderson – 21 gols
Flamengo – Hernane Brocador – 16 gols
Vitória – Dinei – 16 gols
Bahia – Fernandão – 15 gols
Ponte Preta – Wilian – 14 gols
Portuguesa – Gilberto – 14 gols
Santos – Cícero – 14 gols
Goiás – Walter – 13 gols
Vasco – André – 12 gols
Coritiba – Alex – 12 gols
Criciúma – Wellington Paulista e Lins – 11 gols
Internacional – D’Alessandro – 11 gols
São Paulo – Aloísio – 11 gols
Botafogo – Rafael Marques – 10 gols
Cruzeiro – Borges e Ricardo Goulart – 10 gols
Fluminense – Rafael Sóbis – 10 gols
Corinthians – Pato – 9 gols
Grêmio – Barcos – 9 gols
Atlético-MG – Alecsandro – 8 gols
Náutico – Maikon Leite – 8 gols

Brasileirão – 2012

Fluminense – Fred – 20 gols
São Paulo – Luis Fabiano – 17 gols
Figueirense – Aloísio – 14 gols
Palmeiras – Barcos – 14 gols
Portuguesa – Bruno Mineiro – 14 gols
Santos – Neymar – 14 gols
Flamengo – Vagner Love – 13 gols
Náutico – Kieza – 13 gols
Atlético-MG – Bernard – 11 gols
Botafogo – Elkeson – 11 gols
Cruzeiro – Wellington Paulista – 10 gols
Grêmio – Marcelo Moreno – 10 gols
Vasco – Alecsandro – 10 gols
Bahia – Souza – 8 gols
Coritiba – Deivid e Everton Ribeiro – 8 gols
Sport – Hugo – 8 gols
Corinthians – Paulinho – 7 gols
Internacional – Leandro Damião – 7 gols
Ponte Preta – Giancarlo – 5 gols
Atlético-GO – Márcio e Patrick – 5 gols

Brasileirão – 2011

Santos – Borges – 23 gols
Fluminense – Fred – 22 gols
Flamengo – Deivid – 15 gols
Internacional – Leandro Damião – 14 gols
Avaí – Willian – 14 gols
Santos – Neymar – 13 gols
América-MG – Kempes – 13 gols
Botafogo – Loco Abreu – 13 gols
Corinthians – Liedson – 12 gols
Atlético-GO – Anselmo – 12 gols
Cruzeiro – Montillo – 12 gols
Ceará – Felipe Azevedo – 11 gols
Bahia – Souza – 11 gols
Vasco – Elton – 11 gols
Figueirense – Júlio César – 11 gols
Coritiba – Bill – 11 gols
Grêmio – André Lima – 9 gols
São Paulo – Lucas – 9 gols
Palmeiras – Luan – 9 gols
Atlético-MG – André – 7 gols

Brasileirão – 2010*

Grêmio – Jonas – 23 gols
Santos – Neymar – 17 gols
Corinthians – Bruno César – 14 gols
Atlético-MG – Obina – 12 gols
Atlético-GO – Elias – 12 gols
Botafogo – Loco Abreu – 11 gols
Internacional – Alecsandro – 10 gols
Athletico-PR – Paulo Baier – 10 gols
Ceará – Magno Alves – 9 gols
Grêmio Barueri – Wesley – 9 gols
Goiás – Rafael Moura – 9 gols
Vasco – Éder Luis – 9 gols
Fluminense – Conca – 9 gols
Cruzeiro – Thiago Ribeiro – 8 gols
São Paulo – Fernandão – 8 gols
Vitória – Júnior – 8 gols
Avaí – Caio – 8 gols
Palmeiras – Ewerthon – 7 gols
Guarani – Roger – 6 gols
Flamengo – Petkovic e Diego Maurício – 5 gols

*Considerando apenas jogadores que defenderam um clube na edição. André Lima fez 11 gols por Fluminense e Grêmio. Kleber Gladiador somou dez começando pelo Palmeiras e terminando no Cruzeiro. E Washington fez dez por São Paulo e Fluminense.


Foto de destaque: IMAGO / Fotoarena