Puma e Borussia Dortmund pedem desculpas a torcedores que ficaram revoltados com a nova camisa

Logo: Alemanha FC

Alemanha FC

A nova camisa do Borussia Dortmund para disputa da Champions League causou muita revolta nos torcedores do clube alemão - o modelo estreou na última quarta-feira (15), no triunfo por 2 a 1 diante do Besiktas, fora de casa.

A camisa tem o nome do clube estampado no centro (BVB 09) e o escudo na altura do peito, na parte superior esquerda, é quase imperceptível, na cor amarela.

Por conta das muitas críticas, Björn Gulden, CEO da Puma, empresa que fabrica os uniformes do Dortmund, fez um pedido de desculpas público: "Lamentamos a raiva dos torcedores e gostaríamos de pedir desculpas a eles".

"As críticas dos torcedores se referem ao fato de que o logotipo do Borussia Dortmund é simplesmente incorporado ao material, tom sobre tom e em relevo no peito da camisa, mas não é claramente destacado como o brasão do clube", continuou o dirigente da marca.

Como a camisa já foi registrada na Uefa, o time aurinegro terá que usá-la em toda edição da Champions League. Mas Gulden avisou que vai considerar a reclamação para que não aconteçam mais críticas nos próximos kits.

"Realmente levamos o feedback a sério e vamos levá-lo em consideração para as futuras camisas do Borussia Dortmund", finalizou.

Já Carsten Cramer, gerente geral do Borussia Dortmund, corroborou as palavras do CEO da Puma. "Uma nova camisa sempre pode polarizar as opiniões. No entanto, levamos as críticas dos torcedores muito a sério", disse o dirigente do BVB.

Saiba mais sobre o veículo