PSG teve Mbappé em grande noite e cavadinha de Messi para virar sobre o Leipzig em Paris | OneFootball

PSG teve Mbappé em grande noite e cavadinha de Messi para virar sobre o Leipzig em Paris

Logo: Trivela

Trivela

O Paris Saint-Germain novamente teve problemas enquanto time, mas conseguiu uma vitória importante diante do forte RB Leipzig. Em um time ainda em construção, os parisienses tiveram um jogo emocionante, com duas viradas, e venceram o RB Leipzig por 3 a 2 no Parque dos Príncipes. O time da casa saiu em vantagem, tomou a virada no segundo tempo, mas contou com o poder de decisão de Kylian Mbappé e Lionel Messi para sair com a vitória.

Aos nove minutos, o PSG já saiu em vantagem. André Silva perdeu a bola no ataque e o contra-ataque foi muito veloz. Marquinhos emendou com Julian Draxler, que tocou rápido para Mbappé avançar em velocidade e tocar para marcar 1 a 0.

André Silva quase empatou o jogo aos 26 minutos, em uma bola que recebeu dentro da área, girou e a bola tocou no pé da trave. Um minuto depois, não teria jeito. Em uma jogada que começou na direita, girou para a esquerda e Angeliño fez um cruzamento rasteiro na segunda trave e André Silva mandou para a rede: 1 a 1.

A virada veio no segundo tempo. Novamente Anegeliño recebeu na esquerda, fez o cruzamento para Nordi Mukiele completou de primeira e causou espanto: virada do RB Leipzig, 2 a 1, aos 12 minutos.

A pressão na saída de bola funcionou para o PSG. Hakimi pressionou Tyler Adams, que tocou para trás, de qualquer jeito. Caiu no pé logo de Mbappé, que avançou e tocou para o meio onde estava Lionel Messi. Ele chutou de primeira, a bola tocou na trave, passeou em cima da linha e o próprio Messi empurrou para a rede: 2 a 2, aos 22 minutos.

Havia muito tempo para que as coisas mudassem e elas mudaram aos 29 minutos. Mbappé invadiu a área e sofreu falta. Pênalti e Mbappé imediatamente apontou para Messi. O argentino assumiu a cobrança e o fez com uma dose cavalar de categoria: mandou ver uma cavadinha, no meio do gol, e deixou o goleiro Péter Gulácsi caído. Se é possível, foi um golaço de pênalti: 3 a 2 para o PSG.

O time alemão buscou o empate, mas o PSG administrou o resultado, reduzindo o ritmo e mantendo uma postura mais defensiva nos minutos finais. Até que, nos acréscimos, um pênalti foi marcado em cima do lateral Hakimi. Desta vez, foi Mbappé que cobrou, mas mandou para fora e bateu por cima.

No fim, não fez falta porque a vitória veio de qualquer forma por 3 a 2. Os dois times voltam a se enfrentar no dia 3 de novembro, quando os parisienses visitam o RB Leipzig na Alemanha. Com sete pontos, o PSG é líder do grupo A, seguido pelo Manchester City, com seis pontos. O Club Brugge tem quatro pontos e o RB Leipzig termina o primeiro turno de jogos sem pontos, apesar do ótimo jogo que fez na capital francesa. Precisará de um milagre para se classificar.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo