'Primeiro turno' da Série D tem surpresas e decepções e até time zerado 😳 | OneFootball

'Primeiro turno' da Série D tem surpresas e decepções e até time zerado 😳

Logo: OneFootball

OneFootball

OneFootball

Sete das catorze rodadas da fase de classificação já ficaram no passado.

Sobram histórias de times que surpreendem. E que decepcionam suas respectivas torcidas no “primeiro turno” da Série D do Campeonato Brasileiro.

Lembrando que os quatro primeiros colocados de cada um dos oito grupos vão à próxima fase.


Grupo 1️⃣

O Amazonas caiu nas quartas do Estadual, mas faz campanha sólida e ainda sem derrotas – são quatro vitórias e três empates.

Campeão acreano, o Humaitá está longe de empolgar na Quarta Divisão.

Dominante em Roraima – são sete conquistas seguidas -, o São Raimundo perdeu força após dois empates nas últimas rodadas.

  • Amazonas – 15 pontos
  • Rio Branco (AC) – 14
  • São Raimundo-AM – 13
  • Porto Velho-RO – 11
  • São Raimundo-RR – 9
  • Trem-AP – 8
  • Humaitá-AC – 4
  • Náutico-RR – 2

Grupo 2️⃣

Moto Club e Pacajus disputam ponto a ponto a liderança.

Campeão estadual, o Tocantinópolis também mostra ser um dos favoritos.

Fluminense, outro campeão estadual, conta com o goleador Mário Sérgio, o Super Mário. Mas ainda não empolga.

  • Moto Club (MA) – 15 pontos
  • Pacajus (CE) – 14
  • Tocantinópolis – 12
  • Fluminense-PI – 9
  • Castanhal (PA) – 9
  • 4 de Julho (PI) – 7
  • Juventude Samas (MA) – 6
  • Tuna Luso (PA) – 2

Grupo 3️⃣

Vice-campeão pernambucano em 2022 e clube com grande estrutura, o Retrô sobra. São sete pontos a mais do que o quinto colocado e apenas dois gols sofridos. É dono da melhor campanha da competição.

De volta após anos afastado das competições, o Icasa é um dos quatro times que lutam pelas outras três vagas.

O tradicional América de Natal é outro.

A grande decepção é o Globo, algoz do Internacional na Copa do Brasil.

  • Retrô (PE) – 17 pontos
  • Afogados (PE) – 11
  • Sousa (PB) – 11
  • Icasa (CE) – 11
  • São Paulo Crystal (PB) – 10
  • América-RN – 10
  • Crato (CE) – 4
  • Globo FC (RN) – 2

Grupo 4

Quem surpreende negativamente é o Atlético de Alagoinhas, que conquistou Campeonato Baiano deste ano.

Em grave crise financeira, o Santa Cruz somou quatro dos últimos seis pontos, entrando na luta pelo acesso.

É o grupo mais equilibrado (ou nivelado por baixo). O líder ASA (11 pontos) não estaria entre os quatro primeiros em duas chaves.

E tem a equipe que mais marcou gols, o CSE, com 15. Só que o time alagoano foi vazado 14 vezes.

  • ASA (AL) – 11 pontos
  • Lagarto (SE) – 11
  • Jacuipense (BA) – 10
  • CSE (AL) – 10
  • Juazeirense (BA) – 9
  • Santa Cruz – 8
  • Sergipe – 6
  • Atlético-BA – 5

Grupo 5

Campeão goiano em 2021, o Grêmio Anápolis escapou do rebaixamento no Estadual deste ano somente na última rodada – terminou a competição com oito empates e duas derrotas. E vem deixando a desejar.

O único time zerado está na chave. É o Ação, de Mato Grosso. Equipe que chegou à terceira fase da Copa do Brasil, o Brasiliense lidera com autoridade – só foi derrotado na última rodada.

  • Brasiliense – 16 pontos
  • Costa Rica (MS) – 13
  • Anápolis (GO) – 13
  • Ceilândia (DF) – 11
  • Operário de Vargem Grande (MT) – 10
  • Iporá (GO) – 6
  • Grêmio Anápolis (GO) – 6
  • Ação (MT) – 0

Grupo 6

Atual bicampeão capixaba, o Real Noroeste é o vice-líder.

Quem está na ponta é o Pouso Alegre, que passou sufoco para não ser rebaixado no Campeonato Mineiro.

Bem cotada para se classificar, a Ferroviária val mal. E a Caldense, semifinalista no Mineiro, ainda não venceu.

  • Pouso Alegre (MG) – 14 pontos
  • Real Noroeste (ES) – 13
  • Nova Venécia (ES) – 12
  • Inter de Limeira – 12
  • Ferroviária – 8
  • URT (MG) – 7
  • Bahia de Feira – 7
  • Caldense (MG) – 2

Grupo 7

O São Bernardo levou a Série A-2 e a Copa Paulista em 2021. Fez boa campanha na elite do Paulistão e vai repetindo a dose na Série D.

É a única equipe que ainda não levou um gol sequer na competição.

O Paraná começou com três empates e em crise após o rebaixamento no Paranaense. Mas reagiu, conquistando quatro vitórias consecutivas – sem levar gols.

O goleiro Felipe, ex-Corinthians e Flamengo, é um dos destaques do Tricolor.

Time que vendeu caro a eliminação para o Corinthians na Copa do Brasil, a Portuguesa carioca é a grande decepção – ainda não venceu.

  • São Bernardo (SP) – 15 pontos
  • Paraná – 15
  • Nova Iguaçu – 9
  • Oeste – 8
  • Santo André – 7
  • Pérolas Negras (RJ) – 7
  • Cianorte (PR) – 6
  • Portuguesa-RJ – 5

Grupo 8

Time que tem o lateral Marcelo como um dos investidores, o Azuriz só não foi às oitavas da Copa do Brasil após cair nos pênaltis para o Bahia. E lidera a sua chave.

O FC Cascavel, outro de bons resultados recentes, era líder até ser derrotado justamente pelo Azuriz.

Já as equipes catarinenses vão mal. Somente o Marcílio Dias mostra, no momento, condições de lutar pela classificação.

Rebaixados no Estadual, Próspera e Juventus de Jaraguá não conseguiram emplacar.

  • Azuriz (PR) – 14 pontos
  • FC Cascavel – 14
  • Caxias – 13
  • Aimoré (RS) – 12
  • São Luiz (RS) – 9
  • Marcílio Dias (SC) – 8
  • Próspera (SC) – 4
  • Juventus-SC – 3

Foto: Reprodução/Paraná