Primeira fase da Copa do Rei termina com Luca Zidane salvando o Rayo, além de massacres de Levante e Cádiz | OneFootball

Primeira fase da Copa do Rei termina com Luca Zidane salvando o Rayo, além de massacres de Levante e Cádiz

Logo: Trivela

Trivela

A Copa do Rei, enfim, concluiu sua longuíssima primeira fase nesta quinta-feira. Os últimos 17 jogos, de 56 totais nesta etapa do torneio, foram realizados ao longo da noite. E a primeira divisão manteve os 100% de aproveitamento. Nenhuma equipe da elite foi surpreendida precocemente. No entanto, o dia seria bem distinto a alguns dos principais times em campo. Se o Levante enfiou 8×0 e o Cádiz registrou 7×0, o Rayo Vallecano passou bem mais aperto e se classificou apenas nos pênaltis contra um oponente da quinta divisão. Valencia, Osasuna e Elche também avançaram no dia.

O Rayo Vallecano visitou a província de Salamanca, onde enfrentou o Guijuelo, da quinta divisão. Os franjirrorjos até abriram o placar logo aos cinco minutos, com José Ángel Pozo, mas Toti arrancou o empate aos azarões. O placar de 1 a 1 persistiu ao longo dos 90 minutos e também da prorrogação, com o goleiro Johan Guzmán fechando o gol dos nanicos e o Rayo ainda recebendo um vermelho. A definição ficou para os pênaltis, com o triunfo dos madrilenos por 4 a 3. Luca Zidane foi herói ao defender a cobrança decisiva.

Muito mais fácil foi a vida do Levante, que enfiou 8 a 0 no Huracán Melilla, da sexta divisão. E a viagem à cidade autônoma no norte da África seria bem proveitosa a alguns jogadores. Álex Blesa marcou três gols, enquanto Roberto Soldado e Dani Gómez guardaram dois cada. Mickaël Malsa completou a contagem. Quem também não economizou na conta foi o Cádiz, com os 7 a 0 sobre o Villa de Fortuna, outra equipe da sexta divisão. Álvaro Negredo contribuiu com uma tripleta. Álvaro Jiménez, Marcos Mauro, Martín Calderón e Milutin Osmajic guardaram os outros.

O Osasuna também teve um adversário da sexta divisão pela frente, o San Agustín de Guadalix, e ganhou por 4 a 0. Iván Barbero, Roberto Torres, Javier Ontiveros e Ezequiel Ávila construíram o placar no segundo tempo. O Valencia não gastou tanto a bola nos 3 a 0 para cima do Utrillas, da sexta divisão. O brasileiro Marcos André fez o primeiro, antes que Yunus Musah e Koba Koindredi completassem o triunfo. Já o Elche, que mudou de treinador, bateu o Leioa, da quinta divisão, por 2 a 0. Guido Carrillo foi o responsável pelos dois gols.

A rodada veria as classificações de sete times da segunda divisão: Las Palmas, Eibar, Málaga, Girona, Lugo, Leganés e Tenerife. Também passaram Rayo Majadahonda e Castellón, da terceira. As maiores surpresas do dia ficaram por conta de Llanera e Cristo Atlético, os dois sobreviventes da quarta divisão, que superaram adversários da terceirona. O sorteio da segunda fase da Copa do Rei será realizado nesta sexta, com 16 times da primeira, 20 da segunda, 14 da terceira e seis da quarta. Os jogos ocorrerão dentro de duas semanas. Vale lembrar que os participantes da Supercopa da Espanha (Athletic Bilbao, Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid) só entram na terceira fase.

Saiba mais sobre o veículo