Presidente da FIFA se pronuncia sobre adiamento de Brasil x Argentina | OneFootball

Presidente da FIFA se pronuncia sobre adiamento de Brasil x Argentina

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, se pronunciou sobre o polêmico adiamento de Brasil x Argentina em setembro. Recapitulando, o episódio aconteceu depois que fiscais da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) entraram no campo e ordenaram a paralisação do jogo por irregularidades de alguns jogadores da seleção argentina.

O quarteto não cumpriu com protocolos da COVID-19. “É um caso que está pendente no regime disciplinar da FIFA. Os órgãos são independentes e respondem de acordo com as regras. O que aconteceu não pode acontecer”, explicou o presidente da FIFA, em entrevista ao Diário Olé.

Segundo a Anvisa, o goleiro Emiliano Martínez, o zagueiro Romero e os meio-campistas Buendía e Lo Celso, que jogam na Premier League, não poderiam estar em campo na ocasião. No entanto, a equipe toda da Argentina se retirou do gramado após impedirem que o quarteto continuasse em campo.

Por fim, o Brasil enfrenta a Argentina fora de casa no dia 16 de novembro, pelo segundo turno das Eliminatórias. O jogo que seria realizado na Arena Corinthians ficará para 2022, o ano da Copa do Mundo no Catar.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo