Pombo voa mais alto: Richarlison vai para o Tottenham por £ 50 milhões e formará ataque de peso | OneFootball

Pombo voa mais alto: Richarlison vai para o Tottenham por £ 50 milhões e formará ataque de peso

Logo: Trivela

Trivela

A negociação demorou algum tempo, mas o desfecho esperado aconteceu: o Tottenham anunciou a contratação de Richarlison, que chega do Everton por £ 50 milhões (€ 57,6 milhões), com outros £ 10 milhões (€ 11,5 milhões) em cláusulas adicionais de desempenho. Aos 25 anos, o brasileiro tem a sua segunda transferência interna na Inglaterra depois de chegar ao Watford em 2017 e se transferir ao Everton em 2018. Ele assinou por cinco anos com os Spurs, até junho de 2027.

“É muito difícil dizer adeus ao lugar que se tornou minha casa, aos torcedores que me receberam como se fosse um deles e ao clube que me tratou tão bem e desenvolveu meu senso de comunidade e empatia”, disse Richarlison nas redes sociais, após a confirmação do negócio. “Sem palavras e nem todo amor que tenho por esse clube é suficiente para agradecer a vocês. Nos veremos ao longo do caminho. Eu amo vocês, Evertonians”.

A chegada de Richarlison faz o ataque do Tottenham ficar ainda mais forte. O time já é liderado por dois jogadores que estão entre os melhores da liga, Harry Kane e Heung-min Son e ganha em Richarlison uma opção versátil para atuar pelos lados do campo e também centralizado, quando for necessário. O time ainda tem Dejan Kulusevski, que chegou em janeiro da Juventus e foi muito bem, além de outro brasileiro, Lucas Moura, que tende a perder mais espaço.

Com o esforço que o Tottenham fez para contratar Richarlison, é de se imaginar que ele seja titular. Pode jogar na ponta direita, onde ele já foi muito bem, com Son na esquerda e Kane pelo meio. O que ele entregou na última temporada atuando pelo Everton o coloca como um jogador de gabarito.

Com força física e com grande técnica, ele é um jogador capaz de brigar pela bola com a defesa, criar jogadas pelos lados, se impor fisicamente e também é capaz de fazer gols. Não é um jogador de driblem em velocidade, como Son, nem um finalizador tão fantástico quanto Kane, mas consegue fazer as duas coisas com qualidade.

A transferência chega em um momento que Richarlison recupera espaço na seleção brasileira. A transferência é um desafio, claro, porque hoje o Tottenham está em um patamar maior e vai disputar a maior competição de clubes da Europa, a Champions League. Poderá mostrar a sua capacidade em um time que briga um pouco mais alto na tabela, ainda que o Everton tenha ficado abaixo do esperado na última temporada com a briga contra o rebaixamento. Pelo seu papel no Everton, ele deixa o clube em alta.

Pelo Watford, Richarlison fez 40 jogos e marcou cinco gols. Pelo Everton, foram 152 jogos e 53 gols marcados. Em termos de Premier League, foram 173 jogos e 48 gols marcados. Pela seleção brasileira, são 36 jogos e 14 gols, muito apreciado pelo técnico Tite e com grandes chances de estar na Copa do Mundo do Catar, no fim deste ano de 2022.

Richarlison é anunciado pelo Tottenham (divulgação)

Negociação difícil e concorrência do Chelsea

A negociação foi dura. O Tottenham fez uma proposta formal de £ 40 milhões na quarta-feira e o Everton recusou por considerar insuficiente. Com o aumento da proposta para £ 50 milhões, com outros £ 10 milhões em cláusulas adicionais, o negócio acabou fechado.

O Everton não estava satisfeito com o pacote total de £ 60 milhões e considerava que o jogador valia mais, mas o clube estava pressionado a aceitar a proposta para se enquadrar nas regras financeiras da Premier League, e precisavam fazer isso até o dia 1º de julho, esta sexta-feira.

O Chelsea considerava fazer uma proposta por Richarlison, que era uma das opções que os Blues consideravam para reforçar o seu ataque, que perdeu Romelu Lukaku, emprestado de volta à Inter. Contudo, com o Tottenham ganhando terreno na negociação e o Chelsea está próximo de contratar Raphinha, do Leeds. O clube ainda busca também outros reforços e se especula Raheem Sterling, do Manchester City, e Ousmane Dembélé, que ficou sem contrato com o Barcelona.

Richarlison fez os exames médicos no Brasil, com a supervisão de funcionários do Tottenham. Sua transferência ainda depende de liberação do visto de trabalho, algo que deve ser apenas uma formalidade para o jogador, já que ele já trabalhava no Reino Unido.

É o quarto reforço do Tottenham na temporada depois do goleiro Fraser Forster, de 34 anos, que veio do Southampton, Ivan Perisic, de 33, que veio da Inter, e Yves Bissouma, de 25, que chega do Brighton.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo