Philippe Clement: “Vimos muitas coisas interessantes” | OneFootball

Philippe Clement: “Vimos muitas coisas interessantes”

Logo: Site officiel AS Monaco

Site officiel AS Monaco

Uma estreia de sucesso para Philippe Clement no Stade Louis-II! O técnico belga foi bem sucedido neste batismo em casa, frente ao Clermont (4-0), por ocasião da 21ª rodada da Ligue 1. Após este duelo, o técnico do AS Monaco falou em coletiva de imprensa.

Criamos muitas oportunidades e marcamos o primeiro gol antes do intervalo, que libertou os jogadores. Marcamos quatro gols, mas poderíamos ter marcado ainda mais. Vimos muitas coisas interessantes e os primeiros sinais de como queremos jogar.

Philippe Clement

Como você se sente após esta grande vitória, sua primeira no comando do AS Monaco?

Era importante ganhar este jogo. Estou contente com a forma como a equipe começou o jogo, embora na minha opinião devíamos ter tido um pênalti em uma falta sobre Sofiane Diop. Criamos muitas oportunidades e marcamos o primeiro gol antes do intervalo, que libertou os jogadores. Marcamos quatro gols, mas poderíamos ter marcado ainda mais. Vimos muitas coisas interessantes e os primeiros sinais de como queremos jogar.

Esta vitória permite que vocês entrem no Top 5 da classificação…

Sou muito bom em matemática, mas sei que no futebol é importante analisar jogo a jogo e não contar quantos pontos nos separam dos adversários. Temos que trabalhar duro todos os dias e continuar jogando duro, porque quando você trabalha assim, obtém os pontos que merece.

Wissam Ben Yedder foi mais uma vez decisivo, com dois gols no segundo tempo. O que você achou da atuação dele?

Ele estava doente esta semana e é por isso que não começou este jogo. Mas acho que Wissam vai prosperar muito no futebol que queremos produzir, que é um futebol muito ofensivo, com muitos jogadores nos últimos 16 metros. Wissam tem grandes qualidades, sente o jogo perfeitamente, sabe quando pegar na bola e quando ir ao fundo.

Você usou vários sistemas táticos diferentes durante esta partida. Por quais motivos?

O sistema implementado depende em primeiro lugar dos jogadores disponíveis e, neste momento, faltam-nos alguns. Apesar disso, o jogo produzido na primeira parte não foi nada ruim, e foi ainda melhor na segunda, pelo que será interessante ver os próximos jogos. Quero sempre uma equipe que possa jogar em diferentes sistemas para surpreender o adversário, mas o mais importante é criar oportunidades e ter uma boa organização defensiva na hora de recuperar a bola.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo